Templo de 2 mil anos é destruído na Síria

Palmyra, na Síria. Foto: © UNESCO/F. Bandarin

Baalshamin, um templo da era greco-romana foi explodido por extremistas no domingo. A ação foi condenada fortemente pela diretora da Unesco, Irina Bokova.

Segundo ela, trata-se de um “crime de guerra”. O templo ficava em Palmyra, local declarado Patrimônio Mundial pela Unesco. Este foi o assunto da participação da Rádio ONU em Português no Jornal GloboNews, edição das 18h.
A repórter Leda Letra conversou com Leilane Neubarth. Confira o vídeo.

 

 

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031