Programa da OIT busca aumento da cooperação no local de trabalho

Ouvir /

Iniciativa Score apoia o desenvolvimento de pequenas e médias empresas; um dos principais objetivos é ter impacto positivo na viabilidade econômica em pequenas e médias empresas e no ambiente de trabalho para os funcionários; na América Latina projeto está em operação na Bolívia, Colômbia e Peru.

Foto: OIT

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Aumentar a cooperação dentro de uma corporação é parte da metodologia de um programa da Organização Internacional do Trabalho, OIT, que apoia o desenvolvimento de pequenas e médias empresas.

Atualmente, a iniciativa Score, ou Sustentando Empresas Competitivas e Responsáveis, em uma tradução livre do inglês, está sendo implementada em nove países na África, Ásia e América Latina.

Impacto Positivo

A ação inclui projetos que envolvem 545 empresas e mais de 155 mil trabalhadores treinados.

Segundo o especialista da OIT, Philippe Vanhuynegem, um dos principais objetivos do programa "é promover um modelo de gerenciamento que possa ter impacto positivo na viabilidade econômica das pequenas empresas e no ambiente de trabalho para os funcionários".

Ele afirmou ainda que as pequenas e médias empresas são as maiores criadoras de postos de trabalho na América Latina. No entanto, são "também aquelas onde há deficits fundamentais de trabalho decente, daí a urgência de consolidar sua produtividade e condições de trabalho".

Treinamento

O centro de treinamento e excelência do Score na América Latina fornece treinamento empresarial e assistência técnica com base em cinco módulos: cooperação no local de trabalho, administração de qualidade, produção mais limpa, gerenciamento de recursos humanos e segurança ocupacional e saúde.

Segundo a OIT, isto gera uma cultura de diálogo entre os empregados. O programa busca reduzir defeitos na produção, acidentes e faltas. A iniciativa promove também redução de custos e mais diálogo entre empregadores e empregados, levando a uma maior competitividade e bem-estar.

Para o especialista da agência da ONU, "o ganho em produtividade é chave neste processo" para que "mais empresas adotem boas práticas laborais".

Na América Latina, a iniciativa está em operação na Bolívia, na Colômbia e no Peru, onde o programa piloto foi lançado em 2013.

Leia Mais:

Wagner Moura nomeado embaixador da ONU contra a escravidão moderna

OIT: mais e melhores empregos são chave para recuperação na Ucrânia

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031