ONU quer mais auxílio para áreas que tiveram confrontos na Somália

Ouvir /

Coordenador humanitário para o país disse que combates nos últimos meses  destruíram hospitais em Bardera e Diinsoor; impacto da insegurança alimentar e dos problemas na área de educação destacados após visita a algumas regiões.

Civis enfrentam inseguran;a alimentar grave. Foto: FAO/Frank Nyakairu

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O coordenador humanitário das Nações Unidas para a Somália disse, esta sexta-feira, que há ainda muito a ser feito para ajudar a reconstruir as vidas das populações em áreas do país onde recentemente ocorreram confrontos.

Peter de Clercq expressou particular preocupação com deslocados que regressam às suas casas. Para a maioria deles, falta apoio imediato.

Insegurança

As declarações do representante constam de uma nota publicada após a sua visita à cidade de Bardera na região de Gedo, no norte. Ele visitou também a vila de Diinsoor, na área administrativa de Bay.

Clercq disse que vários locais tiveram assistência humanitária limitada durante anos, principalmente devido à insegurança. Em operações militares recentes, hospitais foram saqueados ou queimados o que deixou civis com uma maior necessidade de apoio.

Cerca de 1,2 toneladas de suprimentos médicos foram transportados para  Diinsoor. De Clercq disse que a ação das agências humanitárias ajudou a atender as necessidades mais críticas em termos de remédios.

Infraestrutura Danificada

Alimentos, água potável e serviços básicos continuam a faltar em ambas as áreas. As  escolas serão abertas brevemente, mas a infraestrutura está danificada e faltam professores.

O chefe humanitário no país do Corno de África falou ainda da destruição de meios de subsistência nos últimos meses, o que levou as pessoas a enfrentarem insegurança alimentar grave e altas taxas de  desnutrição.

Destruição

Por mais de 10 anos, os agricultores não tiveram acesso a sementes de qualidade e à vacinação do gado. O problema foi agravado pela destruição dos sistemas de irrigação.

Para pessoas de áreas onde a ONU teve recentemente acesso, o responsável disse que é vital oferecer apoio à produção agrícola e pecuária, que inclui ajuda urgente para maior quantidade e rapidez na produção.

Leia Mais:

Enviados querem solução após medida para impugnar mandato do líder somali
ONU menciona Guiné-Bissau em debate sobre reformas no setor de segurança 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031