ONU faz comemoração especial sobre Dia dos Povos Indígenas

Ouvir /

Cerimônia na sala do Conselho Econômico e Social destacou importância de melhorar acesso dos povos nativos aos cuidados de saúde; segundo secretário-geral, medida precisa estar na nova agenda global de desenvolvimento.

Dia dos Povos Indígenas é em 9 de agosto

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

Uma cerimônia na sala do Conselho Econômico e Social da ONU, Ecosoc, marcou nesta segunda-feira o Dia Internacional dos Povos Indígenas do Mundo, celebrado em 9 de agosto.

O secretário-geral participou do evento e disse que a Agenda para o Desenvolvimento Sustentável é "um plano concreto para se acabar com a pobreza" em todos os lugares.

Preservação

O conjunto de objetivos deve ser alcançado pelos países até 2030, para que ocorram avanços na inclusão social e na preservação da Mãe Natureza, segundo Ban Ki-moon.

Por isso, Ban pediu que ninguém seja deixado de lado nos próximos 15 anos, "especialmente os povos indígenas", que estão entre os grupos mais "vulneráveis e marginalizados" da população.

Saúde

Ao mesmo tempo, o secretário-geral lembrou que "história, tradições, línguas e conhecimentos dos indígenas fazem parte do patrimônio humano". Neste ano, o Dia Internacional dos Povos Indígenas teve como tema a promoção da saúde e do bem-estar.

Ban Ki-moon afirmou que os povos nativos "têm o direito de desfrutar dos mais altos padrões de saúde física e mental, o que significa acesso a todos os serviços sociais e de saúde".

Desafios

Mas os indígenas enfrentam vários desafios, alguns possíveis de prevenir, na avaliação do secretário-geral, como a falta de saneamento e de habitação adequados, falta de cuidados pré-natal e casos de violência contra a mulher.

Ban afirmou que em muitos grupos indígenas, as taxas de diabete e de abuso de álcool ou de drogas são altas. Os povos nativos estão também entre as pessoas mais pobres de seus países.

O chefe da ONU citou o caso dos aborígenas, na Austrália, que têm uma taxa de diabetes seis vezes maior do que a população geral. No Canadá, o índice de suicídio entre os povos inuit está entre os maiores do mundo, chegando a ser 11 vezes maior do que a média nacional.

Ban Ki-moon afirmou que as "estatísticas são inaceitáveis" e por isso, devem ser incluídas como parte da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Leia Mais:

Nações Unidas alertam sobre desafios para a saúde dos indígenas

Unicef alerta que homicídios de crianças e adolescentes dobraram no Brasil

Entrevista: Líderes Indígenas

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031