ONU está prestando assistência a vítimas das enchentes em Mianmar

Ouvir /

Segundo o governo do país, 39 pessoas morreram na semana passada e mais de 200 mil foram afetadas pelas fortes chuvas; segundo Acnur, o ciclone Komen, que "varreu" o oeste do país na semana passada, causou "danos extensos" em áreas onde milhares de pessoas deslocadas estão vivendo.

Inundações prejudicam operações de assistência à população nos estados de Rakhine e Kachin. Foto: Acnur/S.L. Bik

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, está prestando assistência às vítimas de enchetes nos estados de Rakhine e Kachin, em Mianmar.

Segundo a agência, o ciclone Komen, que "arrasou" o oeste do país na semana passada, causou "danos extensos" em áreas onde milhares de pessoas deslocadas estão vivendo.

Deslocados

Fortes ventos, chuvas e inundações ainda estão prejudicando a avaliação e ações de assistência, mas equipes da ONU e de ONGs conseguiram chegar a campos para deslocados internos na província de Rakhine.

Segundo o Acnur, em 24 campos avaliados até o momento, um quarto dos abrigos temporários foi danificado, afetando 21 mil pessoas. A agência ainda está avaliando o impacto nas populações deslocadas nos estados de Rakhine e Kachin. O objetivo é identificar necessidades imediatas e distribuir ajuda.

Mortes

Na segunda-feira, o governo do Mianmar relatou que 39 pessoas morreram na última semana e mais de 200 mil foram afetadas pelas fortes chuvas e inundações em todo o país.

Segundo o Escritório das Nações Unidas para Coordenação de Assistência Humanitária, Ocha, esses números devem subir nos próximos dias, a medida que mais áreas se tornam acessíveis e mais informação disponível.

Urgência

Avaliações iniciais mostram que pessoas precisam "urgentemente" de comida, abrigos, água, apoio ao saneamento e acesso a assistência de saúde emergencial.

Nas áreas atingidas foram prejudicadas redes de transporte, de energia e infraestrutura de comunicação. O acesso a muitos locais é um "grande desafio".

Segundo o Ocha, as autoridades do Mianmar pediram formalmente assistência internacional nesta terça-feira. No entanto, a ONU e instituições humanitárias têm trabalhado de forma próxima com as autoridades do país e apoiado a resposta humanitária desde o ínicio das enchentes em 30 de julho.

O apoio da ONU inclui o envio de equipes de avaliação às áreas mais afetadas para identificar prioridades em termos de água, saneamento, abrigo, comida e outros itens de assistência.

Leia Mais:

Unicef afirma que crianças em Mianmar sofrem “catástrofe dupla”

Angelina Jolie Pitt visita deslocados internos de Mianmar

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031