OIM: mais de 2 mil migrantes morreram no mar Mediterrâneo em 2015

Migrantes resgatados na costa da Itália. Foto: OIM

Mais de 2 mil migrantes morreram até o momento este ano tentando atravessar o Mediterrâneo para chegar à Europa. Segundo a Organização Internacional para Migrações, OIM, isto confirma que esta é a “rota mais fatal para migrantes em busca de uma vida melhor”.

Ainda de acordo com a agência parceira da ONU, no mesmo período do ano passado, 1.607 migrantes morreram. Em todo o ano, um total de 3.279 perderam a vida.

Assim como em 2014, a grande maioria morreu no Canal da Sicília na rota do Mediterrâneo Central que liga a Líbia à Itália. Segundo a OIM, embarcações sem condições de navegar usadas por contrabandistas e traficantes aumentam muito a probabilidade de que tragédias aconteçam.

Confira a reportagem de Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York, para o Jornal da GloboNews.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031