Eleições no Haiti serão "grande marco para a democracia", afirma Ban

Ouvir /

População da ilha caribenha vota no domingo; eleições legislativas, locais e presidenciais devem ser "transparentes e inclusivas", na avaliação do secretário-geral da ONU.

Eleições parlamentares no Haiti. Foto: Minustah

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU divulgou um comunicado saudando as futuras eleições no Haiti, que começam no domingo, 10 de agosto, com a primeira rodada da votação legislativa.

Há muita expectativa, já que as eleições parlamentares são esperadas há mais de três anos. Já as eleições presidenciais e locais devem ocorrer em outubro, com uma segunda rodada em dezembro.

Transparência

Para Ban Ki-moon, as eleições "tão aguardadas são um grande marco para a democracia" do país. O chefe da ONU elogia principalmente o aumento da participação do povo haitiano no processo eleitoral.

Mas ele lembra que a estabilidade de longo-prazo e a promoção "de uma democracia vibrante dependem de eleições transparentes e inclusivas".

Direito

Por isso, o secretário-geral da ONU apela aos partidos políticos e candidatos do Haiti para que façam campanhas pacíficas e para que resolvam, através do diálogo, qualquer disputa que possa surgir durante o período eleitoral.

Ban Ki-moon convida a todos os haitianos a participar e exercer seu direito democrático ao voto. Ban lembra ser um exercício "para renovar as instituições de governo".

Na nota, ele destaca que as Nações Unidas continuam lado a lado com o povo do Haiti, prestando apoio "neste processo importante".

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031