Unicef: até 1,3 milhão no leste da Ucrânia têm pouco ou nenhum acesso à água

Ouvir /

Crise é causada por danos ou destruição de linhas de tubulação de água e escassez aguda do recurso com a violência na região; a crise humanitária na Ucrânia já afetou mais de 5 milhões de pessoas.

População deslocada na Ucrânia. Foto: Ocha

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Até 1,3 milhão de crianças e adultos no leste da Ucrânia estão enfrentando grave crise de água. O motivo são danos ou destruição de linhas de tubulação de água e escassez aguda do bem natural com a violência na região.

O alerta foi feito pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, nesta terça-feira. Segundo a representante da agência no país, "a água é uma das necessidades mais prementes" para as pessoas no leste da Ucrânia.

Riscos

Giovanna Barberis mencionou que a situação é muito difícil para adultos e crianças em áreas atingidas pelo conflito nas regiões de Donetsk e Luhansk.

Mais de 470 mil pessoas, incluindo 118 mil crianças, também estão enfrentando problemas graves no acesso à água em áreas não controladas pelo governo na região de Luhansk.

A agência da ONU cita ainda a cidade de Mariupol, que está sob controle do governo. Com 500 mil habitantes, a região não está mais recebendo água de um importante canal, danificado por bombardeio.

A cidade depende no momento de um reservatório de água que está se esgotando rapidamente. Segundo o Unicef, com pouca chuva nas últimas semanas e altas temperaturas de verão, as condições estão piorando cada vez mais para os residentes.

O risco de transmissão de doenças deve aumentar com a impossibilidade das pessoas para armanezar ou transportar água de forma segura.

Financiamento

Barberis afirmou que o Unicef e seus parceiros ajudaram 550 mil pessoas nas regiões de Donetsk e Luhansk para ter acesso à água segura desde janeiro.

Mais de 54 mil pessoas, incluindo crianças, também já receberam itens essenciais de higiene desde janeiro de 2015.

O Unicef está fazendo um apelo de US$ 55,8 milhões, o equivalente a cerca de R$ 176 milhões, para necessidades humanitárias urgentes de crianças e famílias no leste da Ucrânia neste ano.

Até o momento, foram recebidos pouco mais de US$ 10 milhões, representanto uma lacuna de 81% no financiamento. O Unicef afirma que sem recursos "imediatos e significativos", a agência não vai poder continuar fornecendo água potável às famílias afetadas pela crise.

Desde o início do conflito, em março de 2014, quase 1,4 milhão de pessoas foram deslocadas na Ucrânia, incluindo pelo menos 174 mil crianças. A crise humanitária na Ucrânia afetou mais de 5 milhões de pessoas, entre elas 1,7 milhão de crianças.

Leia Mais:

Ucrânia: 5 milhões precisam de ajuda no país

Deslocados e refugiados atingem recorde de quase 60 milhões

Ocha precisa de quase US$ 19 bilhões para ajudar civis em 37 países

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031