ONU vê progressos tangíveis com Agenda de Ação de Adis Abeba

Ouvir /

Assembleia Geral adotou o documento da 3ª Conferência Internacional sobre Financiamento para o Desenvolvimento; secretário-geral realçou importância para o desenvolvimento sustentável e para erradicação da pobreza extrema.

Ban Ki-moon na Assembleia Geral da ONU. Foto: ONU/Mark Garten

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou esta segunda-feira a Agenda de Ação de Adis Abeba, como é chamado o documento final da 3ª Conferência Internacional sobre Financiamento para o Desenvolvimento.

Na sede da ONU,  o presidente do órgão, Sam Kutesa, apresentou a resolução que valida a agenda. Ele  pediu o apoio total dos países para que esta seja completamente implementada.

Progressos

O documento prevê uma reforma das finanças globais e investimentos nas áreas económica, social e ambiental.

No evento, o secretário-geral Ban Ki-moon disse que só mantendo o empenho dos países é que se vai assegurar que os compromissos endossados resultem em progressos tangíveis no terreno, em todas as nações e para todas as pessoas.

O representante declarou que a validação pela Assembleia Geral é um passo importante em direção ao “desenvolvimento sustentável e à erradicação da pobreza extrema em todas as suas formas”.

Sucesso

Ban disse que com o ato, lança-se uma nova era de cooperação e de parceria global. Ele afirmou ainda que é criada a base para o sucesso da Cimeira que vai adotar a agenda de Desenvolvimento pós-2015 em Nova Iorque, em setembro e a Cimeira do Clima de Paris, em dezembro.

Para Ban, a Agenda de Ação de Adis Ababa prevê um novo quadro global para financiar incentivos de desenvolvimento sustentável com vista ao investimento em áreas de necessidade global. Ele destacou que esta alinha os fluxos de financiamento e políticas com as prioridades económicas, sociais e ambientais.

Iniciativas

O secretário-geral lembrou que foram lançadas muitas iniciativas além dos acordos no documento final.

Estas incluem a iniciativa chamada Imposto Addis, além de ter aumentado  ”compromissos de bancos de desenvolvimento e uma nova parceria de financiamento para a saúde das mulheres e das crianças”.

Responsabilização

Ban disse que o novo plano criou ainda um guia para as ações de todas as partes interessadas e estabeleceu uma base forte para ajudar a executar a agenda de desenvolvimento pós-2015, incluindo as metas de desenvolvimento sustentável.

A Agenda de Ação de Addis Abeba também prevê um forte mecanismo de responsabilização, declarou o chefe das Nações Unidas.

Em 2016, a organização realiza o primeiro Fórum de Desenvolvimento, que é considerado uma oportunidade importante para avaliar o progresso na implementação do documento pela comunidade internacional.

*Apresentação: Denise Costa.

Leia Mais:

Ban elogia acordo final da Conferência sobre Financiamento

Países chegam a acordo final para financiar desenvolvimento sustentável

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031