OMS apela ao aumento da produção de vacinas contra a meningite

Ouvir /

Preocupação é com possível surto na África, o que pode limitar a quantidade de vacinas disponíveis globalmente; farmacêuticas precisam produzir 5 milhões de doses antes de janeiro.

África corre risco de surto. Foto: OMS

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, informou nesta terça-feira que a África corre um sério risco de enfrentar um surto de meningite a partir de janeiro, quando geralmente ocorrem mais casos de infecção.

A possibilidade de um surto pode afetar a disponibilidade global das vacinas de meningite C. Por isso, a OMS faz um apelo urgente às fabricantes para que produzam 5 milhões de doses a mais antes até o início de 2016.

Mortes

O apelo é também assinado pela Cruz Vermelha, pela organização Médicos sem Fronteiras e pelo Fundo da ONU para a Infância, Unicef.

Segundo a OMS, a meningite atinge o continente africano em ciclos. Os casos de meningite C na África Subsaariana começaram a subir em 2013.

Níger e Nigéria são os países com mais casos desde o começo do ano: entre 12 mil pacientes, 800 não sobreviveram.

Pedido de Produção

A doença causa uma inflamação das membranas do cérebro e da medula espinhal, podendo causar sérios danos cerebrais. Sem tratamento, 50% dos pacientes chegam a morrer.

A OMS explica que já conversou com fabricantes da vacina sobre a urgência de serem produzidas doses extras. Mas até o momento, as farmacêuticas não teriam revisado seus planos de produção.

Já foram feitos contatos inclusive com fabricantes da vacina no Brasil e em Cuba, mas até agora essas fabricantes não submeteram à OMS um pedido de pré-qualificação, medida essencial para que as fabricantes possam fornecer vacinas em escala global.

Alto Custo

A agência destaca que progressos foram alcançados nos últimos anos para proteger a população africana. Em 2010, a vacina MenAfrVac começou a ser utilizada para combater a meningite A, mas "muito precisa ser feito para evitar surtos de meningite C".

O custo da vacina contra essa forma de meningite chega a ser de US$ 50 por pessoa, o que segundo a OMS sai caro para agências de saúde e para os países que necessitam das doses.

Atualmente, só estão disponíveis doses suficientes para tratar menores de 15 anos de idade, mas quase 40% das infecções ocorrem em pessoas mais velhas. Segundo a OMS, disponibilizar mais vacinas é "mais urgente do que nunca".

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031