No Dia Mundial da População, Moçambique celebra adolescentes

Ouvir /

Fundo de População das Nações Unidas aposta no potencial dos jovens e na importância de se evitar a transmissão de doenças e gravidez entre meninas; orientação aos jovens é importante.

Mulheres moçambicanas. Foto: ONU/Eskinder Debebe

Ouri Pota, da Rádio ONU em Maputo.

O Dia Mundial da População é celebrado neste sábado, 11 de julho, sob o lema "Populações Vulneráveis em Emergências". Moçambique aproveita a data para celebrar a contribuição da população jovem ao desenvolvimento.

A Rádio ONU ouviu a representante, em Maputo, do Fundo de População das Nações Unidas, Unfpa. Bettina Maas falou sobre os riscos aos quais estão expostos os jovens.

Saúde

"Durante uma emergência, há riscos de transmissão acelerada de HIV e  outras efermidades sexualmente transmissíveis; riscos de gravidez precoce, abuso sexual e uma série de coisas que são muitos difíceis e requerem uma atenção especial, tanto em sistema de proteçcão, assim como em sistema de serviços.”

Bettina Maas acredita que ao orientar melhor os jovens, Moçambique pode ter ganhos no desenvolvimento.

Potecialidades 

"De uma população de 8 milhões de jovens no país, temos que ver de que forma  eles estão a participar para o desenvolvimento do país, como as políticas setoriais  nacionais e de população estão assegurar  o investimento  no presente potencial dos jovens do país.”

No Dia Mundial da População, a representante do Unfpa citou alguns desafios de Moçambique, como a gravidez entre adolescentes.

Desafios

"Temos muitos desafios. Vemos que a fertilidade no país é alta, nomeadamente nas zonas rurais e em algumas províncias, é muito alta. Uma das razões de fertilidade alta é o facto das raparigas começarem a ter filhos muito cedo. Também temos como desafio o acesso à educação da rapariga, muitas ainda não têm acesso à educação no ensino secundário.

Dados  do Relatório sobre a Situação da População Mundial 2014, indica que Moçambique  atingiu a marca 8,1 milhões de adolescents e jovens com idade 10 a 24 anos.

Este efeito constitui uma potencial chance de progresso social e económico. Porém, a forma as necessidades e aspirações dos jovens é atendida poderá determinar o futuro do país.

Leia Mais:

Unesco apoia uso das línguas moçambicanas

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031