OMS organiza primeira Conferência Mundial sobre Hepatite

Ouvir /

Encontro será na Escócia, entre 2 e 4 de setembro, com participação de líderes globais e especialistas em saúde; no Dia Mundial da Hepatite, OMS alerta sobre importância de prevenir doença que mata 1,45 milhão por ano.

Crianças devem ser vacinadas. Foto: OMS/M. Perier

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Neste 28 de julho, a Organização Mundial da Saúde, OMS, marca o Dia Mundial da Hepatite, chamando a atenção sobre a urgência de ampliar as ações para prevenir a hepatite viral.

Segundo a OMS, juntas, as hepatites B e C são a causa de 80% das mortes por câncer de fígado e todos os cinco tipos de hepatite matam, por ano, 1,45 milhão de pessoas.

Políticas Públicas

Numa parceria com a Aliança Mundial da Hepatite e o governo escocês, a OMS está co-organizando a primeira Conferência Mundial sobre Hepatite. A reunião internacional será em Glasgow, na Escócia, entre os dia 2 e 4 de setembro.

Líderes globais, políticos e especialistas em saúde participarão do encontro, na tentativa de ampliar os compromissos políticos e financeiros essenciais para o combate da hepatite.

Transmissão

A OMS irá apresentar aos governos uma série de estratégias para prevenir a transmissão. Os vírus que causam hepatite podem ser transmitidos por água ou comida contaminada e pelo contato com sangue ou fluidos corporais durante transfusões, uso de seringas contaminadas ou durante relações sexuais.

Por ano, 2 milhões de pessoas são infectadas pela hepatite B ou C após utilizarem seringas contaminadas. E entre usuários de drogas injetáveis, mais de 11 milhões têm hepatite, segundo a OMS.

Leia Mais:

Mais de 6 milhões de usuários de drogas injetáveis têm hepatite C

"Previna Hepatite. Aja Agora" 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031