Conferência sobre ebola termina com promessa de mais de US$ 5 bilhões

Ouvir /

Recursos são para ajudar região mais afetada pela crise; durante evento nesta sexta-feira na sede da ONU, presidente da Libéria disse que são necessários US$ 7,2 bilhões para planos de recuperação; secretário-geral afirmou que os impactos da crise foram vastos".

David Nabarro, enviado especial da ONU sobre o ebola. Foto: ONU/ Yubi Hoffmann

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Um evento de alto nível na sede da ONU, nesta sexta-feira, terminou com promessas de mais de US$ 5 bilhões para ajuda à recuperação da região mais afetada pelo ebola.

O valor é o equivalente a cerca de R$ 16 bilhões. O enviado especial das Nações Unidas sobre o ebola descreveu como "encorajador" o resultado da conferência.

Trampolim

Falando a jornalistas, David Nabarro afirmou que "o valor prometido, mais de US$ 5 bilhões, representa um trampolim realmente fantástico para as ações de recuperação".

Ele comentou ainda a "percepção real", ao fim da reunião, de que o "surto de ebola foi uma tragédia terrível e ainda há trabalho a ser feito para acabar com ele, mas que o mundo vai se unir a esses países enquanto eles se recuperam e retomam o caminho para o desenvolvimento social e econômico" .

Nesta sexta-feira, na Conferência Internacional de Recuperação do Ebola, o secretário-geral da ONU afirmou que a “estratégia para acabar com o surto está funcionando, mas o trecho final da resposta permanece particularmente desafiador”.

Novos Casos

Ele falou que o número de casos na Guiné e em Serra Leoa foi reduzido “consideravelmente”. Mas novos casos na Libéria “mostram a necessidade de uma contínua vigilância dados os riscos regionais”. O país havia sido declarado livre do surto em 9 de maio.

Ban Ki-moon disse que impacto negativo do surto em economias, subsistências e, mais importante, sobre as vidas, exige que a comunidade global continue dando prioridade à recuperação do ebola, mesmo após o abrandamento da crise”.

Planos de Recuperação

Na manhã desta sexta-feira, falando em nome dos três países mais afetados pela doença, a presidente da Libéria havia dito que são necessários US$ 7,2 bilhões para os planos de recuperação destas nações e da região da União do Rio Mano.

Este valor, o equivalente a cerca de R$ 23,2 bilhões, inclui US$ 4 bilhões para a região como um todo. Os presidentes da Guiné e Serra Leoa também participaram do encontro.

Leia Mais:

Ebola: US$ 7,2 bilhões necessários para recuperação da África Ocidental

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031