ONU pede calma e moderação no Burundi

Ouvir /

Secretário-geral disse que continua preocupado com a possibilidade de uma escalada da violência no país africano; Ban Ki-moon pediu as autoridades que respeitem leis internacionais em relação aos direitos humanos.

Crise deslocou milhares para os países vizinhos. Foto: Menub.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu "calma e moderação" a todos os lados envolvidos na crise no Burundi e afirmou que continua preocupado com a possibilidade de uma escalada da violência no país.

Em comunicado divulgado esta quinta-feira, Ban apelou às autoridades que respeitem suas obrigações internacionais em relação aos direitos humanos, incluindo o direito de realizar reuniões pacíficas.

Uso de Força

O chefe da ONU quer que as autoridades burundinesas garantam também que as tropas de segurança evitem o uso excessivo de força para controlar manifestações públicas.

Ele disse que os responsáveis por ordenar ou cometer violações dos direitos humanos serão levados à justiça.

Ban citou ainda que o Conselho de Segurança pretende considerar várias medidas disponíveis para salvaguardar a paz no Burundi e assegurar a prestação de contas.

Diálogo Político

O secretário-geral encorajou todas as partes envolvidas na crise a retomarem seriamente o diálogo político consultivo organizado pelo enviado especial, Said Djinnit.

Ban espera que os participantes do diálogo implementem imediatamente as medidas de confiança já acordadas entre todos.

Na nota, o chefe da ONU disse também que continua conversando com os líderes regionais sobre a crise política no Burundi.

Ele saudou o Comunicado da Conferência de 31 de maio da Comunidade do Leste Africano.

Ban pediu a rápida implementação das medidas que vão ajudar a criar as condições para realizar eleições inclusivas, pacíficas e justas no país e vão ajudar no desarmamento de todos os grupos armados filiados a partidos políticos.

Leia Mais:

Burundi: enviado especial da ONU continua consultas sobre diálogo político

Novo chefe do Ocha libera US$ 15 milhões para Burundi

Rádios e televisões fechadas durante protestos no Burundi serão substituídas

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031