OIM afirma que mais europeus estão migrando para a América Latina

Ouvir /

Estudo da Organização Internacional para Migrações mostrou que fluxo mudou nos últimos cinco anos; em 2012, mais de 181 mil cidadãos europeus deixaram o continente em direção à América Latina, apenas 119 mil fizeram o sentido contrário.

Relatório “Rotas e Dinâmicas Migratórias”. Imagem: OIM

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Internacional para Migrações, OIM, divulgou esta sexta-feira um estudo mostrando que mais europeus estão indo viver em países da América Latina e do Caribe do que latinos seguindo para nações da Europa.

O relatório "Rotas e Dinâmicas Migratórias" entre os dois continentes mostra uma mudança no fluxo nos últimos cinco anos.

Queda

Segundo a OIM, desde 2010 e pela primeira vez em 14 anos, mais pessoas migraram da Europa para a América Latina e o Caribe.

O documento mostra que em 2012, por exemplo, mais de 181 mil europeus deixaram seus países comparado com os 119 mil latinos que seguiram no caminho contrário.

O resultado marca uma queda de 68% no movimento desde 2007, quando o número de migrantes da América Latina e do Caribe para a Europa bateu recorde.

O relatório diz que a Espanha é o país que mais envia migrantes para a região, seguida por Itália, Portugal, França e Alemanha. Outro dado importante é que houve uma mudança na preferência pelos países de destino.

Brasil

Brasil, Argentina e Venezuela, que sempre receberam a maior quantidade de migrantes europeus, viram seus números baixarem. Chile, Bolívia, Equador e Peru foram os que registraram as maiores altas de migrantes da Europa.

O relatório mostra ainda que os migrantes que estão deixando o continente europeu não são latinos que poderiam estar regressando a seus países de origem.

Em 2013, mais de 8,5 milhões de migrantes estrangeiros viviam na região da América Latina e do Caribe, 2,5 milhões a mais do que em 2010.

Em relação ao movimento da América Latina para a Europa, o Brasil continua sendo o país que mais envia migrantes, seguido da Colômbia, do Peru e do Equador.

As nações preferidas desses migrantes são: Espanha, Itália, Reino Unido, França, Holanda e Portugal.

Leia Mais:

Falando a refugiados, Ban pede “caminhos seguros para migração”

Acnur vê como avanço proposta para migração da União Europeia

Ban e papa Francisco discutem crise de migrantes no Mediterrâneo

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031