No Turcomenistão, Ban diz que futuro estável envolve direitos humanos

Ouvir /

Secretário-geral termina no país viagem à Ásia Central; ele destacou ainda questões como desenvolvimento sustentável e direitos humanos.

Secretário-geral Ban Ki-moon e Esen Aydogdiyev, reitor da Universidade Internacional para Humanidades e Desenvolvimento em Ashgabat, Turcomenistão. Foto: ONU/Rick Bajornas

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU afirmou que todas as ações para um desenvolvimento sustentável e um futuro estável devem envolver um profundo respeito pelos direitos humanos e o fortalecimento do Estado de direito.

Ban Ki-moon fez a declaração neste sábado, no Turcomenistão, ao concluir a viagem de cinco dias à Ásia Central.

Clima e Desenvolvimento

Falando a autoridades e estudantes na Universidade de Humanidades e Desenvolvimento na capital Ashgabat, o chefe da ONU elogiou o país pela aprovação da Estratégia Nacional para a Mudança Climática.

Ele também saudou a intenção declarada do governo de aprovar em breve um plano de ação em direção à economia verde.

Em julho, em Adis Abeba, na Etiópia, será realizado um encontro internacional sobre financiamento para o desenvolvimento. Apenas dois meses depois, em Nova York, líderes mundiais devem adotar a nova agenda de desenvolvimento, incluindo os objetivos de desenvolvimento sustentável.

As metas vão fornecer um mapa para erradicar a pobreza até 2030 garantindo, segundo Ban, "uma vida de dignidade para todos".

Os Estados-membros da ONU vão se reunir mais uma vez em dezembro, em Paris, em busca de um "acordo climático significativo e universal".

Apesar de todos essas ações, no entanto, o secretário-geral alertou que o caminho para o desenvolvimento deve ser sustentado por um profundo compromisso com os direitos humanos.

Paz e Direitos Humanos

Ban afirmou que "não há paz sem desenvolvimento, nem desenvolvimento sem paz". E que nenhum dos dois é possível sem respeito aos direitos humanos.

Ele declarou que em todo o mundo "a forma de confrontar ameaças não é mais repressão, e, sim, mais abertura e direitos humanos". Ban disse ainda que o caminho para um futuro estável é "fortalecendo o Estado de direito, combatendo a corrupção, garantindo um judiciário independente e uma imprensa livre, construindo sociedades justas e empoderando os cidadãos".

Diplomacia Preventiva

Em outro evento, falando a jornalistas ao lado do presidente do Turcomenistão, Gurbanguly Berdimuhamedov, o secretário-geral reiterou a importância dos direitos humanos para o desenvolvimento.

Em Ashgabat, Ban também visitou o Centro Regional da ONU para Diplomacia Preventiva na Ásia Central. A instituição tem mandato para desenvolver atividades para ajudar os países da região a abordar desafios regionais e apoiar cooperação.

Leia Mais:

No Uzbequistão, Ban destaca importância de cooperação regional e diplomacia

Em viagem à Ásia Central, Ban destaca proteção aos direitos humanos

Ban fala sobre promoção do diálogo para paz com líderes religiosos

Na Ásia Central, Ban destaca acesso à água e direitos humanos

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031