Ban expressa "profunda tristeza" com mortes em acidente de navio na China

Ouvir /

Mensagem foi emitida pelo porta-voz do secretário-geral nesta terça-feira; chefe da ONU espera que mais sobreviventes sejam encontrados; segundo agências de notícias, cinco pessoas morreram e centenas estão desaparecidas após acidente no rio Yangtze.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Mark Garten

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, ficou "profundamente triste" ao saber de mortes causadas por um acidente com um navio de passageiros na China.

A informação está em um comunicado emitido por seu porta-voz nesta terça-feira. Na mensagem, Ban Ki-moon envia condolências às famílias das vítimas, ao governo e população da China. Ele espera que mais sobreviventes possam ser encontrados.

Ciclone

Segundo as agências de notícias, cinco pessoas morreram e centenas estão desaparecidas após um cruzeiro levando 456 pessoas virar no rio Yangtze, na província de Hubei.

Citando autoridades, elas dizem que pelo menos 15 pessoas sobreviveram. O capitão e o engenheiro-chefe da embarcação, ambos sobreviventes, foram detidos.

Ainda de acordo com as agências de notícias, testemunhas disseram que o barco, que não emitiu nenhum sinal de emergência, foi pego por um ciclone.

Leia Mais:

Acnur chocado com centenas de mortes em naufrágio no Mediterrâneo

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031