Ban: "Europa deve defender os valores democráticos e de direitos humanos"

Ouvir /

Secretário-geral fez a declaração em discurso na Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa; ele disse que a ONU está fazendo o máximo para salvar vidas e levar a paz onde for possível.

Ban Ki-moon discursa na Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, em Estrasburgo, na França. Foto: ONU/Eskinder Debebe

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou esta terça-feira que "as Nações Unidas estão fazendo o que podem para salvar vidas e levar a paz onde for possível".

Segundo Ban, "com a proliferação dos desafios globais indo do Iêmen ao Sudão do Sul, a ONU e a Europa devem se unir na luta para defender a democracia e a solidariedade internacionais".

Impunes

No discurso na Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, em Estrasburgo, na França, Ban deixou claro que "os crimes que estão chocando as consciências de todos não podem ficar impunes".

O secretário-geral disse que "agora mais do que nunca é necessária uma participação ativa da Europa na defesa dos direitos da sociedade civil e para aliviar as pressões da crise de migração global".

Ban citou ainda "o combate à propagação do extremismo violento e o trabalho por um futuro sustentável para todos".

O chefe da ONU declarou que mais de 50 países, muitos na Europa, aprovaram leis que restringem a operação ou os fundos para ONGs que defendem os direitos humanos.

Tensões

Ele declarou que estão aumentando as tensões relacionadas ao extremismo violento e a discriminação religiosa no continente.

Essa alta pode ser vista, principalmente, depois do ataque realizado por extremistas islâmicos contra a revista francesa Charlie Hebdo, em janeiro, quando 17 pessoas foram assassinadas no total, incluindo ações contra um supermercado judeu e uma outra loja comercial em Paris.

Ban disse que em novembro vai lançar na Assembleia Geral um Plano de Ação para Evitar o Extremismo Violento. Segundo o chefe da ONU, essa é uma tentativa de reforçar a união internacional em torno dos princípios comuns que os extremistas querem acabar.

Leia Mais:

Ban elogia assinatura de acordo de paz no Mali

No Dia Mundial do Refugiado, Nações Unidas pedem respeito à tolerância

Ban alerta que graves violações são cometidas contra crianças no mundo

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031