Tratamento antirretroviral precoce contra Aids salva vidas

Ouvir /

Unaids afirmou que novas evidências mostram que uso da medicação tem efeito positivo em pacientes classificados como CD4, medida do sistema imunológico de saúde; chefe da agência disse que toda pessoa com HIV deve ter acesso imediato aos remédios.

Michel Sidibé. Foto: ONU/Mark Garten

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa Conjunto sobre HIV/Aids, Unaids, saudou a divulgação de novas evidências que mostram que o uso precoce do coquetel de medicamentos antirretrovirais para combater a doença pode salvar vidas.

Um novo exame clínico chamado Start, concluiu que os benefícios do uso imediato dos remédios superam os riscos.

Risco

O estudo mostrou que o risco de Aids e de outras doenças sérias ou morte caiu 53% entre as pessoas que iniciaram o tratamento quando os níveis de CD4, uma medida do sistema imunológico, estavam em 500 ou acima.

A comparação foi feita com pacientes que apresentavam níveis de CD4 em 350, quando começaram a tomar os medicamentos.

O diretor-executivo do Unaids, Michel Sidibé, afirmou que "todas as pessoas que vivem com HIV devem ter acesso imediato à terapia antirretroviral".

Segundo ele, "o atraso no acesso ao tratamento, sob qualquer pretexto, significa negar o direito à saúde".

O anúncio do Start segue uma série de pesquisas feitas nos últimos anos que indicam benefícios à saúde quando uma pessoa inicia o tratamento antecipado, antes de as condições começarem a declinar.

Conclusões

Para o Unaids, as conclusões desses estudos vão ter um papel importante na criação do novo guia de tratamento da doença que será divulgado pela Organização Mundial da Saúde, no fim desse ano.

Sidibé disse ainda que os resultados das pesquisas apoiam o processo "Fast-Track", de rapidez nas operações, para eliminar a epidemia da Aids até 2030.

A agência da ONU reafirma a importância do respeito ao direito das pessoas em saber se são portadoras de HIV e de decidirem se querem ou não iniciar o tratamento antirretroviral.

Segundo o Unaids, as provas dos benefícios de saúde de um tratamento precoce combinado com outras medidas de combate à doença, confirmam que a terapia antirretroviral é "um marco" nos esforços para salvar vidas e evitar novas infecções.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031