ONU deplora ataque que matou dois soldados de paz na RD Congo

Ouvir /

Secretário-geral condena nos termos mais fortes atrocidades perpetradas pelo grupo rebelde ADF em Beni; esta semana general brasileiro teve helicóptero alvejado por grupos armados na área do Kivu do Norte.

Capacetes-azuis na RD Congo. Foto: Monusco

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral das Nações Unidas condenou com veemência o assassinato de dois soldados de paz e o ferimento de outras 13 pessoas no leste da República Democrática do Congo.

Na terça-feira, um comboio de viaturas da Missão da ONU no país, Monusco, foi emboscado  e alvo de disparos de suspeitos elementos das Forças Democráticas Aliadas, ADF, em Beni, província do Kivu do Norte.

General

A Rádio ONU conversou com o comandante das forças da Monusco, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, de Beni, onde avalia a situação após o ataque. Na segunda-feira, o helicóptero em que seguia foi obrigado a aterrar de depois de ser alvejado pelos rebeldes.

“Têm atuado muito matando civis inocentes, emboscando as tropas do Congo. Nos sofremos também alguns ataques há três dias foi um tiro no nosso helicóptero que estava sobrevoando a área de operações. Ontem, foi a emboscada aonde nós tivemos dois soldados mortos e 13 feridos. E três pessoas civis que estavam passando por aquela região também morreram depois da emboscada desse grupo ADF, e nos vamos intensificar as ações para perseguir esse grupo. ”

A ONU realça que o ataque ocorreu num momento em que a Monusco estava a realizar ações de proteção de civis no âmbito do seu mandato.

Civis

Na nota, Ban Ki-moon enviou as suas condolências e solidariedade às famílias enlutadas e ao Governo da Tanzânia.

O secretário-geral também condena nos termos mais fortes as contínuas atrocidades perpetradas pelo ADF contra civis indefesos em Beni.

A terminar a nota, o chefe da ONU reitera o compromisso da organização de tomar todas as ações necessárias sob a resolução do Conselho de Segurança para proteger os civis e neutralizar os grupos armados no leste da RD Congo.

Leia Mais:

Angola preocupada com execução de acordo sobre milícias da RD Congo

Entrevista: ONU e ação contra Fdlr na RD Congo

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031