Unodc firma acordo para investigar manipulação de resultados de jogos

Ouvir /

Em Doha, diretor da agência da ONU diz que esse tipo de crime precisa ser combatido imediatamente; somente na Europa, cerca de 300 jogos de futebol tem o resultado combinado todos os anos.

Algumas partidas de futebol tem resultado manipulado. Foto: ONU

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.*

O Escritório da ONU sobre Drogas e Crime, Unodc, e o Centro Internacional para Segurança do Esporte, anunciaram essa quarta-feira um acordo para reforçar as investigações de crimes ligados aos esportes.

O Unodc calcula que por ano, cerca de 300 partidas de futebol tem o resultado combinado na Europa. E os US$ 430 bilhões apostados em 2012 no mundo, 80% foi obtido por meio de atividades ilegais.

Leis

A parceria foca especificamente na manipulação dos resultados de competições esportivas. O anúncio foi feito em Doha, capital do Catar, onde ocorre o Congresso da ONU sobre Prevenção do Crime e Justiça Criminal.

O acordo prevê o desenvolvimento de programas de formação e preparação sobre organização de eventos esportivos, além de capacitação de governos e reforço de leis.

Crime

No evento, o diretor-executivo do Unodc, Yuri Fedotov, destacou que a manipulação dos resultados de jogos é uma ofensa criminal e não apenas "uma brecha nas regras".

Para Fedotov, o problema precisa ser visto como um crime, que deve ser combatido com leis e investigações adequadas, especialmente porque pode estar ligado ao crime organizado, à corrupção e à lavagem de dinheiro.

Participantes do painel em Doha destacaram que o fenômeno tem cerca de 10 anos e requer atenção urgente das autoridades.

*Com reportagem de Jorge Miyares, enviado da Rádio ONU a Doha.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031