Unmiss regista recorde de deslocados desde o início do conflito sul-sudanês

Ouvir /

Cerca de 115 mil pessoas estão abrigadas em instalações da missão das Nações Unidas; fluxo de 4,5 mil pessoas foi o registo mais recente no estado do Alto Nilo.

Unmiss acolhe o maior número de deslocados. Foto: Unmiss/Julio R. Brathwaite

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Cerca de 4,5 mil pessoas deslocaram-se recentemente às instalações da Missão das Nações Unidas no Sudão do Sul, Unmiss, à procura de abrigo em Malakal  no estado do Alto Nilo.

Com os recém-chegados, o total de civis alojados no local aproxima-se de 26 mil, que fez subir para 115 mil o número de abrigados em complexos da ONU em todo o país.

Deslocados

Trata-se do maior número de deslocados registados no tipo de instalações desde o início do conflito, em dezembro de 2013, destaca uma nota da ONU.

Vários parceiros humanitários da organização relatam deslocamentos da população em outras áreas do Sudão do Sul. O estado de Jonglei registou recentemente mais 31 mil deslocados.

De acordo com as Nações Unidas, o total de desalojados ronda 1,5 milhão, além de mais de meio milhão de sul-sudaneses que fugiram do país devido aos confrontos entre o governo e os rebeldes.

Leia Mais:

ONU quer liberdade de movimento durante época de plantio no Sudão do Sul

Acnur prevê isolamentos com chuvas e carrega artigos básicos no Sudão do Sul

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031