Unicef: 282 meninos e 1 menina libertados pela Fação Cobra no Sudão do Sul

Ouvir /

Número total de crianças libertadas chega a 1.757 desde janeiro; estimativa inicial do grupo armado à agência da ONU é de que teria 3 mil menores em suas trincheiras; libertação é resultado de acordo de paz com o governo do país.

1.104 crianças foram reunidas com os seus familiares. Foto: Unicef/Sebastian Rich

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Segundo informações do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, 282 meninos e uma menina foram libertados na última libertação de crianças associadas ao grupo armado Fação Cobra, no Sudão do Sul.

A libertação ocorreu em Labrab, uma aldeia em região remota do estado de Jonglei. Segundo a agência da ONU, este é o último capítulo de uma série de iniciada em janeiro a seguir a um acordo de paz entre a fação e o governo do país.

Crianças-Soldado

O grupo armado forneceu ao Unicef estimativas iniciais de que cerca de 3 mil crianças estariam em suas fileiras.

Antes de cada soltura, o fundo e a Comissão Nacional de Desarmamento, Desmobilização e Reintegração conduziu um “intenso e detalhado” processo de triagem e de verificação em cada menor.

Segundo a agência da ONU, o número total de crianças libertadas da fação chega a 1.757.

O representante do Unicef no Sudão do Sul afirmou estar satisfeito com o processo e que o grupo final de crianças tenha sido libertado pela Fação Cobra.

Vidas a Reconstruir

No entanto, Jonathan Veitch declarou que o "trabalho está longe de ter terminado, que estes menores precisam ser reunidos com suas famílias e devem começar um longo e difícil caminho de reconstrução de suas vidas".

Durante a cerimónia de libertação, as crianças trocaram suas armas e uniformes por roupas civis.

Elas ficarão em centro de atendimento provisório onde vão receber comida, abrigo, e apoio médico e psicológico até que as suas famílias sejam encontradas e possam voltar para casa.

Desde janeiro, 1.104 crianças foram reunidas com os seus familiares e mais regressam às suas casas todos os dias. A maiora dos menores já está matriculada em programas de aprendizagem.

Reintegração

Segundo o Unicef, o programa de reintegração segue os Príncipios de Paris que estipulam uma abordagem um-mais-um. Esta significa que apoio para cada criança libertada também será fornecido para um menor vulnerável na mesma comunidade.

Assim, a agência afirma que a iniciativa investe em serviços e infraestrutura que trazem benefícios a todas a comunidade.

O custo calculado para o processo de reintegração de dois anos, que inclui apoio psicossocial, é de US$ 2.580 por criança. No momento, o Fundo tem um deficit de recursos de US$ 11 milhões para o programa.

Para o representante do Unicef, "a libertação das crianças associadas à Fação Cobra é uma boa notícia perante uma situação terrível para os menores em outras partes do Sudão do Sul".

Leia Mais

PMA preocupado com equipa desaparecida no Sudão do Sul

Unmiss regista recorde de deslocados desde o início do conflito sul-sudanês

Cerca de 230 milhões de crianças vivem em países e áreas de conflito armado

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031