Somália regista exportação recorde de gado em 20 anos, diz FAO

Ouvir /

Vendas arrecadaram cerca de US$ 360 milhões em 2014; país vendeu 5 milhões de cabeças de gado principalmente para o golfo árabe; agência da ONU destaca contributo da pecuária com 40% no Produto Interno Bruto somali.

Exportação de gado na Somália. Foto: FAO

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A Somália exportou um recorde de 5 milhões de cabeças de gado para os mercados do golfo árabe em 2014, anunciou esta quarta-feira a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO.

A agência disse tratar-se do maior número de animais vivos vendidos ao exterior nos últimos 20 anos, pela nação do Corno de África.

Investimentos

O desempenho deveu-se aos grandes investimentos na prevenção de doenças animais que são apoiados pela FAO, pela União Europeia e pelo Reino Unido.

O destaque das vendas do país ao exterior vai para as 4,6 milhões de cabeças de gado ovino e caprino. A seguir, estão as 340 cabeças de gado bovino e os 77 mil camelos que renderam ao país cerca de US$ 360 milhões.

No lançamento dos dados, a FAO destacou a pecuária como base da economia somali ao  contribuir com 40% para o Produto Interno Bruto, PIB, do país.

Mercados

O ministro da Agricultura, Pecuária e Florestas da Somália disse tratar-se de um marco importante para o sector pecuário que reflete os grandes investimentos feitos para apoiar o desenvolvimento comercial do sector.

Hussein LiD afirmou que o objectivo é que país seja mais competitivo a nível internacional.

Pestes

Os maiores compradores do gado somali são Arábia Saudita, Iémen, Oman, Kuwait, Qatar e Emirados Árabes Unidos.

Segundo a FAO, o país vacina uma média de 12 milhões de animais contra a peste dos pequenos ruminantes. A doença viral é altamente contagiosa e frequentemente mata as cabras.

Outros 12 milhões de cabritos são tratados e vacinados anualmente contra a  pleuropneumonia, considerado um fator de grandes perdas entre os produtores de gado da Somália.

*Apresentação: Denise Costa.

Leia Mais:

FAO quer acabar com peste dos pequenos ruminantes até 2030

Comida desperdiçada equivale à rede de produção da África Subsaariana

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031