ONU discute impacto da queda do preço de matérias-primas sobre produtores

Ouvir /

Unctad menciona Angola pela baixa dos custos do petróleo e o seu efeito sobre o orçamento nacional; a nível global, preço do barril baixou 40% em relação à média da última década.

Fórum aborda comércio das matérias-primas. Foto: ONU/Brownie Harris

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A queda de preços do petróleo e de outras matérias-primas desde o início do ano passado é preocupante para os países em desenvolvimento com esses recursos, segundo o Escritório da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad.

A agência destaca que o grupo de nações depende da exportação dessas mercadorias. De modo geral, a baixa de custos das matérias-primas pressiona os rendimentos a serem aplicados em toda a cadeia de valor, destacou o Unctad.

Tensão

O fator é visto como um potencial motivo de tensão, além da possibilidade de minar políticas adotadas durante os períodos da alta dos preços das matérias-primas.

Um debate sobre o tema vai marcar o Fórum Global das Matérias-Primas, a decorrer em meados de abril, em Genebra. A reforma da governação, a transparência nas negociações e as novas dinâmicas no comércio das matérias-primas também serão discutidos.

O preço do barril do petróleo caiu de US$ 100, em junho de 2014, para menos de metade do valor no princípio deste ano. De acordo como Unctad, a queda corresponde a 40% da média do custo por unidade na última década, estimado em US$ 80.

Oscilações

Os orçamentos dos governos dos países produtores do petróleo ainda em desenvolvimento, são considerados particularmente vulneráveis a tais oscilações.

Entre os exemplos dados pelo Unctad estão os governos de Angola, da Nigéria e do Chade, cujos rendimentos do setor petrolífero para os orçamentos correspondem a pelo menos 70% das suas receitas.

Para estas economias, a queda de rendimentos obrigou a um “corte de gastos, à interrupção de novos projetos e ao atraso no pagamento de salários de funcionários públicos”.

Leia Mais:

FAO: preços dos alimentos caem para nível mais baixo em quatro anos e meio

Queda nos preços dos alimentos está relecionada à baixa do petróleo

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031