Na Ocde, Ban insta líderes a mudar trajetória do desenvolvimento

Ouvir /

Secretário-geral quer padrões de investimento que promovam sustentabilidade; representante revelou detalhes da Conferência Internacional sobre o Financiamento para o Desenvolvimento; evento vai decorrer em Adis Abeba.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Evan Schneider

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral das Nações Unidas discursou esta terça-feira na sede da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico, Ocde, em Roma antes de partir para Paris.

Ban Ki-moon convidou os países-membros a participar ao mais alto nível na 3ª. Conferência Internacional sobre o Financiamento para o Desenvolvimento, a decorrer em meados julho em Adis Abeba.

Acordo de Adis Abeba

Ban disse que com a sua presença, os chefes de Estado e de governo da Ocde podem apoiar a ambição do que é conhecido como Acordo de Adis Abeba.

Para o chefe da ONU, “são enormes as necessidades de financiamento” para o desenvolvimento sustentável. O representante explicou que as poupanças globais abundantes contrastam com os atuais padrões de investimento que não promovem um avanço com sustentabilidade.

O evento de Addis Abeba é para Ban Ki-moon uma “oportunidade única” para mudar essa trajetória. Para ele, com o trabalho conjunto, os objetivos da conferência serão atingidos.

Resultados

A primeira meta é que haja um quadro de financiamento coerente e completo. A segunda, prevê resultados concretos especialmente em áreas como infraestrutura, agricultura, necessidades sociais e Pequenas e Médias Empresas.

A última é garantir um forte processo de acompanhamento para assegurar que nenhum país seja deixado para trás.

Ban anunciou que decorrem negociações do projeto do Acordo de Adis Abeba entre os Estados-membros das Nações Unidas.

Financiamento

Entre as seis componentes-chave do documento, a prioridade vai para a necessidade de um mandato completo sobre recursos envolvendo financiamentos públicos, privados, nacionais e internacionais.

Ban disse que o plano reconhece a importância de mobilizar recursos internos e de combater fluxos ilícitos. Para ele, a ajuda para o desenvolvimento vai continuar importante para que seja executada a agenda pós-2015, e será aliada ao papel dos bancos de desenvolvimento.

Leia Mais:

Ban afirmou que nova agenda de desenvolvimento precisa de recursos

Ban diz que mundo precisa de "quadro financeiro previsível e eficaz"

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031