Manifestantes tentam invadir base da ONU na República Centro-Africana

Ouvir /

Uma pessoa morreu após intervenção da força de paz  para conter invasão ao local; operação de paz fala de investigação imediata ao segundo incidente ocorrido numa semana.

Patrulha da Minusca em Bangui. Foto: ONU/Catianne Tijerina

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Um acampamento das Nações Unidas na República Centro-Africana foi palco de distúrbios após uma manifestação com até 400 participantes. O incidente ocorreu na área de Kaga Bandoro, situada a 350 quilómetros a norte da capital Bangui.

Falando a jornalistas, em Nova Iorque, o porta-voz do secretário-geral disse que a Missão da ONU no país, Minusca, anunciou ter havido um morto depois de uma tentativa dos manifestantes de “invadir e incendiar” a base.

Distúrbios

De acordo com Stephane Dujarric, capacetes azuis dispararam tiros de aviso devido à magnitude do ataque. Um manifestante morreu e vários  feridos foram observados no hospital da operação de paz.

Trata-se do segundo ataque numa semana, que a Minusca disse lamentar profundamente. A missão anunciou a sua decisão de levar a cabo uma investigação imediata do incidente, ao realçar que sempre teve boas relações com as pessoas da área.

A missão reafirmou ainda o seu compromisso de acalmar a situação, no período de “migração sazonal marcada por tensões comunitárias” no município centro-africano de Nana Gribizi.

Leia Mais:

Minusca saúda liberação de ministro da República Centro-Africana

Agricultores da República Centro-Africana em situação de emergência

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031