Garantir bem estar dos indígenas deve ser "crucial" em nova agenda global

Ouvir /

Afirmação foi feita pelo vice-secretário-geral da ONU na abertura do Fórum Permanente sobre Questões Indígenas; Jan Eliasson explicou que encontro deste ano foca nos direitos econômicos, sociais e culturais, sem esquecer das comunidades que vivem em áreas remotas.

Foco do encontro deste ano está nos direitos econômicos, sociais e culturais dos povos nativos. Foto: ONU/Paulo Filgueiras (arquivo)

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Um canto tradicional ecoou pelo saguão da Assembleia Geral da ONU na manhã desta segunda-feira, em Nova York, na abertura da 14ª sessão do Fórum Permanente sobre Questões Indígenas.

Neste ano, o encontro foca nos direitos econômicos, sociais e culturais dos povos nativos, como declarou o vice-secretário-geral da ONU.

Jan Eliasson explicou que o fórum já é reconhecido como uma "arena eficaz e representativa de debate sobre direitos e papeis dos povos indígenas" e fornece aos países-membros uma plataforma forte para que "abracem a visão e as aspirações" desses povos.

Direitos Básicos

Segundo o vice-secretário-geral da ONU, a Declaração da ONU sobre os Povos Indígenas garante o direito das comunidades nativas à educação, à saúde, à água potável e ao saneamento. Eliasson destacou que os serviços básicos precisam ser fornecidos também para pessoas vivendo em áreas remotas.

Ele acredita ser o momento de colocar os povos indígenas "à frente de uma agenda transformadora, que não deixe ninguém para trás" e afirmou que o futuro bem estar dos indígenas do mundo é parte crucial deste ano "crítico".

Soluções

Eliasson lembrou que a ONU completa 70 anos em 2015, ano em que está sendo definida uma nova agenda global de desenvolvimento e um plano para combater a mudança climática.

Neste sentido, ele pediu aos países-membros que garantam que a agenda pós-2015 inclua metas ligadas à situação e aos direitos dos povos indígenas. O vice-secretário-geral da ONU espera que governos e representantes dos indígenas "identifiquem soluções criativas para problemas que afetam os povos nativos de forma direta ou indireta".

Leia Mais:

Fórum Indígena vai debater juventude, suicídio e direitos humanos

Cerca de 1,6 bilhão de pessoas depende diretamente de florestas

FAO: lagos e rios são fundamentais para subsistência de milhões

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031