FAO alerta para cuidados a ter com pesticidas nos produtos alimentares

Ouvir /

Apelo foi lançado no âmbito das celebrações do Dia Mundial da Saúde; OMS estima que consumo de alimentos inseguros pode provocar a morte de 2 milhões de pessoas por ano.

Controlo de pesticidas nos alimentos. Foto: FAO

Ouri Pota, da Rádio ONU em Maputo.

Agências da ONU conjugam esforços para melhorar o controlo de alimentos desde a sua produção até ao consumo. O anúncio foi feito no âmbito das celebrações do Dia Mundial da Saúde, este 7 de abril, sob o lema Alimentos Seguros.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, e a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, pretendem ajudar os países a prevenir, detetar e responder a surtos de doenças transmitidos por alimentos.

Vida Saudável

Em conversa com a Rádio ONU, em Maputo, o coordenador nacional do projeto de remoção de pesticidas obsoletos da FAO em Moçambique considerou importante “sensibilizar e analisar a questão dos resíduos de pesticidas nos alimentos para uma vida saudável”.

Khalid Cassam começou por explicar o conceito de pesticidas.

"São produtos químicos ou biológicos usados no controle de pragas agrícolas, no controlo de pragas no setor de veterinária e também vetores que causam doenças nos humanos, por exemplo, mosquitos baratas e formigas. Falar de pesticidas é falar deste leque de produtos químicos ou biológicos."

Químicos

Para Cassam, a falta de cuidados básicos na aplicação do tipo de químicos tem consequências graves para a saúde humana.

"Depois de alguns anos, portanto 10 a 15 anos, estando a acumular paulatinamente pequenas doses destes produtos podemos ter problemas de cancro, neurológicos e inclusive ter problemas de má formação de fetos, efeitos na reprodução humana. Portanto tudo isto são consequência que podem advir de uma acumulação contínua de pequenas quantidades de pesticidas"

O grande desafio para evitar a contaminação por resíduos de pesticidas nos alimentos é a sensibilização sobre os cuidar a ter.

Inalação

"É necessário que se tomem alguns cuidados quando se faz aplicação deste produto. Por exemplo os aerossóis que encontramos a venda no mercado informal, os repelentes… Todos estes produtos têm um nível de toxidade e é preciso tomar os cuidados, como termos uma máscara ou um pano que nos tapa a boca e o nariz no momento que estamos a fazer aplicação, de forma à não inalarmos os vapores que este produto provoca, porque a inalação pode nos levar a contaminações que podem ser crónicas".

Dados da Organização Mundial da Saúde, OMS, indicam que os alimentos inseguros estão ligados à morte de 2 milhões de pessoas por ano, incluindo um grande número de crianças.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031