Entrevista: “África aprendeu muito com genocídio ruandês”

Ouvir /

Téte António. Foto: Rádio ONU

O embaixador da União Africana junto à ONU fala das lições tiradas pelo continente após o genocídio de 1994.

Téte António explica porque o mundo também “deve aprender” com o massacre, que matou mais de 800 mil pessoas em cerca de 100 dias. A maioria das vítimas eram de etnia tutsi.

Nesta terça-feira, a organização assinala o Dia de Reflexão sobre o Genocídio do Ruanda.

Acompanhe a conversa com Eleutério Guevane.

Tempo total: 02'48"

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031