Primeiro "Dia Mundial das Remessas" busca apoiar comunidades na diáspora

Ouvir /

Data é celebrada neste domingo e tem apoio da Organização Internacional para Migrações; iniciativa é parte de ações para baixar o custo e sensibilizar consumidores; segundo o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola,  mais de US$ 60 bilhões são enviados por ano para ou a partir da África.

Dia Mundial das Remessas. Foto: UPU

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O primeiro Dia Mundial das Remessas vai reunir integrantes da indústria de transferência de dinheiro com organizações de comunidades da diáspora. A iniciativa é parte dos esforços para baixar o custo global de remessas e sensibilizar os consumidores.

A celebração da data neste domingo, 15 de março, tem o apoio da da Organização Internacional para Migrações, OIM.

Custos

Em longo prazo, a iniciativa busca apoiar as comunidades da diáspora com educação financeira e na redução de forma permanente do custo das transferências monetárias.

Em entrevista à Rádio ONU, a brasileira Carla Portella, que mora em Nova York há 17 anos, falou sobre o envio internacional de dinheiro para o Brasil. Ela trabalha em uma empresa que presta este serviço.

Brasil

"Os envios de dinheiro pro Brasil nas companhias idôneas, legalizadas, aqui nos Estados Unidos perante o departamento de bancos, dependendo do seu estado, pagam diariamente, até às 15 horas, horário do Brasil, o valor que você quiser enviar. O que é importante para o cliente é ele procurar uma companhia realmente legalizada, que seja licenciada no departamento de bancos dos Estados Unidos, no estado em que ele estiver, e que esta companhia trabalhe somente com bancos que estejam na página do Banco Central do Brasil".

Ela disse ainda que o serviço é "muito conveniente para o brasileiro que mora fora do país".

No início de março, a chefe da OIM no Reino Unido, Clarissa Azkoul, participou do evento de lançamento da data. Ela afirmou que a agência parceira da ONU "apoia e busca promover mecanismos inovadores de remessas que reduzam o custo da transferência para migrantes".

A especialista afirmou ainda que o dinheiro "suado" que os migrantes enviam a seus parentes em seus países de origem representa um apoio econômico "vital" e "deve ser maximizado na medida do possível".

Ela afirmou ainda que a OIM reconhece que o progresso nesta área requer "ações organizadas e colaborativas entre governos, setor privado e a comunidade internacional, através de iniciativas como o Dia Mundial das Remessas".

África

A África do Sul recebe a primeira Conferência Africana sobre Remessas e Serviços Postais, num encontro promovido pelo Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola, Fida.

O evento de dois dias decorre na Cidade do Cabo a partir desta quarta-feira. Segundo o Fundo, mais de US$ 60 bilhões em remessas são enviados por ano para África, ou a partir do continente.

Leia mais:

Fida promove primeira Conferência Africana sobre Remessas

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031