ONU respondendo a impacto "arrasador" do ciclone tropical Pam

Ouvir /

Tempestade afetou Vanuatu, no Pacífico; estimativa é de que ventos tenham chegado a 250 km por hora.

Residentes de Port Vila, Vanuatu, estocando suprimentos de emergência com a aproximação do ciclone tropical Pam. Foto: Unicef Pacífico

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York

A ONU anunciou neste sábado que está tomando todas as medidas necessárias para responder aos impactos de um ciclone tropical devastador que afetou nos últimos dois dias Vanuatu, uma ilha no Pacífico.

Segundo o chefe regional do Escritório das Nações Unidas para Assistência Humanitária, Ocha, no Pacífico, Sune Gudnitz, "em sua história recente, Vanuatu não passou por um desastre desta magnitude".

Tempestade

Em nota, ele mencionou particularmente o "dano potencial e a força da tempestade".

O ciclone tropical Pam chegou à capital do país, Port Vila, na sexta-feira à noite na categoria 5, a mais alta.

A estimativa é de que os ventos tenham chegado a 250 km por hora, com picos de cerca de 320 km por hora. A tempestade causou danos à infraestrutura, afetando serviços como eletricidade.

O chefe do escritório regional do Ocha afirmou ainda que a equipe humanitária do Pacífico está pronta para apoiar o governo em sua resposta.

Assistência

Outras entidades, como o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, e o Alto Comissariado da ONU para Refugiados, entre outras, também estão fornecendo apoio em áreas como abrigos, água, saneamento e higiene.

O governo de Vanuatu não fez ainda um pedido formal de assistência internacional. No entanto, aceitou a oferta do Ocha de enviar uma equipe para apoiar a coordenação da resposta.

Leia mais:

ONU pronta para ajudar com ameaça do ciclone tropical Pam a Vanuatu

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031