Na ONU, Brasil e Moçambique apoiam realização de debate sobre Boko Haram

Ouvir /

Sessão extraordinária vai decorrer no Conselho de Direitos Humanos a 1 de abril; agências de notícias informaram que teria sido retomada cidade que se acredita ser a sede do grupo na Nigéria.

Sessão no Conselho dos Direitos Humanos. Foto: ONU/Violaine Martin

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Direitos Humanos convocou uma sessão extraordinária para debater as ações das milícias nigerianas Boko Haram para quarta-feira, 1 de abril.

Uma nota emitida pelo órgão, esta sexta-feira, em Genebra, explica que a reunião vai decorrer “à luz dos ataques terroristas, abusos e violações de direitos humanos cometidos pelo grupo terrorista”.

Membro e Observador

O Brasil, como um dos 47 Estados-membros do órgão, e Moçambique, como observador, compõem os 24 países que apoiaram a proposta da reunião que precisava ser assinada por um terço dos membros do órgão para convocação. A Argélia submeteu o pedido em nome do grupo africano e a lista continua aberta para assinaturas.

O encontro foi anunciado no dia em que agências de notícias citaram o exército nigeriano a dar conta da retomada a cidade de Gwoza, no noroeste, que se acredita ser a sede do grupo.

Os relatos das Forças Armadas apontam para a morte e captura de vários integrantes do Boko Haram, que em seis anos provocaram a morte de milhares de pessoas.

Raptos

O grupo também é responsabilizado pelo sequestro de centenas de pessoas, tendo um dos casos mais célebres envolvido mais de 200 meninas na área de Chibok, no norte, em 2014.

Os Estados-membros do Conselho que apoiaram a proposta do encontro incluem Argélia, Botsuana, Congo, Costa do Marfim, Cuba, Etiópia, França, Gabão, Gana, Quénia, Marrocos, Namíbia, Nigéria, Paquistão, Paraguai, Rússia, Serra Leoa, África do Sul e Venezuela.

Já entre os países observadores que pediram a reunião estão os Camarões, a República Centro-Africana e o Djibuti.

Leia Mais:

ONU cita "progressos notáveis" nos preparativos para as eleições na Nigéria

Relatora sobre minorias preocupada com aumento de ataques na Nigéria

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031