Conselho de Direitos Humanos aprova resolução sobre uso de "drones"

Ouvir /

Com apoio do Brasil, integrantes do Conselho concordaram com documento que permite o uso de aeronaves comandadas por controle remoto; utilização deve ser em operações militares e de contra terrorismo e de acordo com a Lei Internacional.

Conselho de Direitos Humanos. Foto: ONU/Jean-Marc Ferré

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Conselho de Direitos Humanos aprovou nesta quinta-feira resolução que permite o uso de "drones", aeronaves comandadas por controle remoto, em operações militares e de contra terrorismo.

Com o apoio do Brasil, o documento recebeu 29 votos a favor, seis contra e registrou 12 abstenções.

Leis Internacionais

A resolução determina que essas operações devem estar de acordo com as leis internacionais, incluindo as legislações de direitos humanos e humanitária.

O Conselho pede ao Alto Comissariado das Nações Unidas de Direitos Humanos e outros órgãos ligados ao setor que prestem atenção a qualquer violação da Lei Internacional como resultado do uso desse tipo de equipamento.

Além do Brasil, votaram a favor da medida Argentina, China, Cuba, Gana, Indonésia, Quênia, Nigéria e Paquistão. Ainda na lista estão a Arábia Saudita, a África do Sul e a Rússia.

Estados Unidos, França, Japão e Reino Unido estão entre os que votaram contra a resolução.

Leia Mais:

Após incidente nas Colinas de Golã, Ban pede respeito à integridade territorial

Entrevista: Aliar drones a mais informações na RD Congo

Uso de veículos aéreos não tripulados criou atmosfera de medo, diz ONU

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031