Turismo sustentável pode ser chave para proteção do meio ambiente

Ouvir /

Resolução da Assembleia Geral pede a países que promovam prática; mais de 1 bilhão de pessoas viajam pelo mundo por ano e turistas têm papel importante; conheça mais sobre o turismo sustentável nesta reportagem especial.

Zakynthos, Grécia. Foto: OMT

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O setor turístico movimenta cerca de US$ 1 trilhão por ano, segundo a Organização Mundial do Turismo, OMT. Somente no ano passado, 1,1 bilhão de pessoas viajaram pelo mundo, um aumento de quase 5% em relação a 2013.

Para a agência da ONU, este é um bom resultado, por isso, o setor tem um papel importante na promoção da sustentabilidade. Há dois meses, a Assembleia Geral da ONU aprovou uma resolução pedindo aos países para que promovam o turismo sustentável.

Resolução

Para a Assembleia Geral, é uma maneira do setor ajudar a erradicar a pobreza e diminuir os impactos no meio ambiente. De Madri, a diretora de comunicação da OMT, Sandra Carvão, explicou à Rádio ONU que a resolução está centrada em diminuir impactos.

"Hoje em dia o setor turístico é um dos mais importantes a nível mundial, com um fluxo de pessoas que há que gerir de forma responsável em termos do impacto que podem ter nos recursos ambientais, mas também do impacto que podem ter nas sociedades que visitam. Realmente esta resolução vem no momento perfeito. Permite-nos trabalhar com os países membros e dizer que o turismo pode ser uma ferramenta para contribuir ao desenvolvimento sustentável, que todos temos como objetivo."

Lazer e negócios

Sandra Carvão, da Organização Mundial do Turismo, destaca que a responsabilidade é dos governos, da indústria e também dos viajantes.

Nastássia Welter é gerente comercial e mora em Nova York. Ela chega a fazer seis viagens por ano, a lazer e a negócios. Nastassia garante que já coloca em prática ações amigas do ambiente.

"Normalmente as minhas viagens são longas e eu uso o serviço de quarto um dia sim, um dia não. Não peço toalhas (de banho) limpas todos os dias, eu não peço para que minha cama seja limpa todos os dias, até porque eu não faço isso na

Santiago de Compostela, Espanha. Foto: OMT

minha casa, então não tem porquê eu fazer isso no hotel também."

Atitudes simples, mas que estão no centro do turismo sustentável. Um parceria da OMT com a indústria hoteleira tem ajudado a promover algumas mudanças. Cláudia Lisboa é diretora do projeto Soluções de Energia para Hoteis:

"Pode ser uma simples mudança de hábitos e envolver os clientes no hotel. Soluções um bocadinho mais avançadas é o que se agora vê muito em quase todos os hotéis: a chave do quarto serve para ativar todas as instalações elétricas, desde o ar

condicionado até as luzes dentro do quarto."

À Rádio ONU, Cláudia Lisboa explicou, de Madri, que o setor de turismo é responsável por 5% das emissões de CO2 no mundo e 2% correspondem ao setor hoteleiro. Outras  soluções envolvem o investimento em fontes renováveis de energia, como a instalação de paineis solares.

Mas os hábitos de turismo sustentável podem ser realizados também fora dos hotéis, como indica Sandra Carvão, da OMT:

"Temos algumas sugestões para quem viaja. Por exemplo, a possibilidade de comprar produtos locais para ajudar a economia, de optar sempre que possível por meios de transporte mais sustentáveis e mitigar o impacto que tem no ambiente. Escolher hotéis que de alguma maneira estejam certificados com normas ambientais e contribuam também para o desenvolvimento das comunidades onde se inserem."

Hotéis

Ao investir na sustentabilidade, os hotéis podem melhorar sua imagem e atrair mais clientes. A opinião é da especialista Cláudia Lisboa:

"Uma coisa que se tem visto ultimamente é que se imaginarmos dois hotéis exatamente com as mesmas características, com o mesmo preço de quarto e o mesmo tipo de serviço, o fato de um já ter como parte da política da empresa uma certa atenção à sustentabilidade, ter o cuidado de diminuir o impacto do hotel na mudança climática, em muitos casos os clientes preferem pagar nem que seja um pouco mais para ir para este hotel."

Foto: OMT

E a viajante Nastássia Welter, que recentemente se hospedou em um hotel 4 estrelas na Califórnia, aprova:

"Nessa minha última viagem para São Francisco, eu fiquei em um hotel que se você não pedir serviço de quarto, eles te oferecem um café da manhã gratuito. É um incentivo para que você não tenha serviço de quarto, mas ao mesmo tempo, você ganha um café da manhã. E um café da manhã bem legal por sinal."

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031