Países da Ásia-Pacífico prometeram acabar com a Aids na região até 2030

Ouvir /

Declaração foi feita na Reunião Intergovernamental sobre HIV e Aids, em Bangcoc, Tailândia; segundo a Escap, 6 milhões de pessoas vivem com o vírus que causa a doença na área mas somente 33% recebem tratamento.

Países da Ásia-Pacífico prometem acabar com a epidemia da Aids até 2030. Foto: Unaids

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Os países da Ásia-Pacífico prometeram acabar com a epidemia da Aids na região até 2030.

A declaração foi feita por cerca de 30 nações que participaram da Reunião Intergovernamental sobre HIV e Aids, em Bangcoc, Tailândia.

Tratamento

Segundo a Comissão Econômica e Social para a Ásia-Pacífico, Escap, aproximadamente 6 milhões de pessoas vivem com HIV, o vírus que causa a doença, na região e somente 33% recebem tratamento.

A agência da ONU disse que a dificuldade está em barreiras legais e políticas que impedem o acesso das pessoas aos serviços de saúde.

O novo plano regional de cooperação para acabar com a epidemia da Aids nos próximos 15 anos busca acelerar a resposta ao HIV com ações específicas.

A ideia é seguir na direção de um financiamento sustentável para as operações de combate à doença e garantir o acesso a medicamentos mais baratos e diagnósticos mais em conta.

Ações de Resposta

Em setembro, os governos mundiais vão decidir a respeito de uma nova série de Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis, ODSs, para o período pós-2015. Em dezembro termina o prazo para o cumprimento das Metas de Desenvolvimento do Milênio, estabelecidas no ano 2000.

O plano regional da Ásia-Pacífico vai fornecer uma ajuda importante para o progresso de revisão global da doença e moldar as ações de resposta futuras contra o HIV/Aids.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031