ONU fala de pelo menos 41 mil novos deslocados em Darfur

Ouvir /

Área de Jebel Marra marcada por pesados combates entre o exército e grupos da oposição; Ocha reafirma pedido de acesso imediato das entidades humanitárias.

Funcionários da Unamid conversam com população deslocada. Foto: Unamid/Hamid Abdulsalam

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Mais de 41 mil pessoas já foram deslocadas devido ao conflito nas áreas sudanesas de Darfur do Norte e Darfur Centro desde o princípio deste ano, anunciaram as Nações Unidas.

A organização cita relatos de funcionários humanitários defendendo que o número de pessoas que precisam de assistência e de proteção “pode ser bem maior”.

Grupos Armados

As entidades que atuam no país dizem que o acesso à área de Jebel Marra tem sido recusado. Do local, surgem relatos de pesados combates entre grupos armados da oposição e as Forças Armadas do Sudão.

O Escritório da ONU de Assistência Humanitária, Ocha, reiterou o seu apelo às partes envolvidas para que respeitem as suas obrigações de acordo com o Direito Internacional Humanitário.

Necessitados

O Ocha pediu às partes em conflito que também facilitem o acesso imediato de organizações humanitárias aos necessitados.

No terreno, estão o Programa Mundial de Alimentação, PMA,  o Fundo da ONU para a Infância, Unicef, e o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur.  Nas regiões de Um Baru e norte de El Fasher, as agências distribuem alimentos, água, produtos de higiene e kits domésticos de emergência aos deslocados.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031