ONU ajuda sobreviventes de avalanches no Afeganistão que mataram 100

Ouvir /

Os desastres naturais também incluem cheias, deslizamentos de terra e outros incidentes; secretário-geral estende as suas condolências a todas as vítimas.

Deslizamento de terra no Afeganistão. Foto: Unama/Fardin Waezi

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral Ban Ki-moon disse, esta quinta-feira, que está profundamente triste com a perda de vidas no Afeganistão devido a avalanches, deslizamentos de terra e inundações.

Agências de notícias informaram que mais de 100 pessoas teriam perdido a vida no norte da capital, Cabul, devido à série de avalanches ocorridas na quarta-feira.

Escolas e Mesquita

Mas a província de Panjshir é mencionada pelas agências devido à queda de neve. O governador teria anunciado a destruição de duas escolas e de uma mesquita.

Em nota, Ban cita ainda catástrofes nas províncias de Parwan, Kapisa, Badaquistão e Nuristão. Após endereçar condolências ao povo e ao Governo do Afeganistão, Ban expressa solidariedade particularmente aos perderam membros da família, amigos, casas e meios de subsistência.

Assistência

O chefe da ONU disse ainda que agências da organização e parceiros humanitários deram uma resposta rápida ao Governo do Afeganistão para ajudar a prestar assistência aos deslocados, onde estão acessíveis.

A outra medida é o reforço do planeamento de contingência para aumentar a resistência das famílias e das comunidades, a longo prazo.

Leia mais:

Afeganistão: Conselho de Segurança apoia acordo sobre missão da Otan

Cabul: Conselho de Segurança condena ataque a veículo da embaixada britânica

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031