OMS confirma que vacina contra ebola está sendo testada na Libéria

Ouvir /

Iniciativa é liderada pelo governo do país e envolve 30 mil voluntários em clínicas e hospitais; em breve, testes serão feitos também na Guiné e em Serra Leoa.

Foto: OMS

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou esta terça-feira que testes de vacinação contra o ebola estão em andamento na Libéria. O governo do país está liderando a iniciativa, em parceria com o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos.

Cerca de 30 mil voluntários participam do teste em clínicas e hospitais. O plano é testar as principais vacinas candidatas contra o ebola e fazer uma comparação com o grupo que vai tomar um placebo. Segundo a OMS, a primeira fase vai testar aceitação, tolerância e resposta à imunização.

Próximos Testes

Depois da Libéria, a Guiné deve ser o próximo país a testar a vacinação contra o ebola. Quando um caso de contaminação for descoberto, a pessoa contaminada e várias que tiveram contato com o paciente serão vacinadas, para checar se é possível prevenir novos casos.

Em Serra Leoa, a abordagem será diferente: equipes vão vacinar comunidades de uma região e algumas semanas depois, vacinar pessoas de outra área. A OMS explica que a ideia é checar se vão diminuir os casos nas primeiras regiões que vão receber a vacina.

A OMS reforça que a vacina contra o ebola é preventiva e não uma cura ou uma medida de tratamento. Até o momento, 22.444 pessoas foram contaminadas pelo vírus e 8.959 morreram.

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031