Ocha fornece ajuda a 4,9 milhões de pessoas no Sudão do Sul

Ouvir /

Agência humanitária da ONU calcula que número de deslocados chegue a 1,5 milhão desde o início do conflito em dezembro de 2013; Já no Sudão, país vizinho, o Escritório das Nações Unidas disse que 450 mil pessoas foram deslocadas por causa dos conflitos no ano passado.

Família sul-sudanesa num abrigo das instalaçoes da ONU. Foto: Ocha

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Escritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária, Ocha, afirmou esta segunda-feira que junto com parceiros, conseguiu ajudar 4,9 milhões de pessoas no Sudão do Sul desde o início do conflito no país, em dezembro de 2013.

O Ocha calcula que o número de deslocados internos chegue a 1,5 milhão e mais de 500 mil fugiram para países vizinhos.

Água e Comida

A agência disse que deslocados e várias comunidades no Estado Jonglei estão isolados de qualquer tipo de ajuda desde que os confrontos começaram.

Segundo o Ocha, equipas de resposta estão a ter acesso a essas áreas por via aérea. Elas estão a fornecer assistência a 73 mil deslocados.Além disso, 48 mil pessoas que vivem na região precisam de água, comida e materiais de saúde e higiene.

Sudão

Já no Sudão, o Ocha informou que o número de deslocados chegou a 450 mil devido ao conflito que começou no ano passado, principalmente na área de Darfur.

Agências de ajuda confirmaram que 36 mil pessoas tiveram de fugir de suas casas por causa dos confrontos entre forças do governo e grupos armados em Darfur, em janeiro.

A ONU continua a pedir calma a todas as partes envolvidas no conflito na região e que todos respeitem suas obrigações de acordo com a lei humanitária internacional para garantir o acesso seguro e amplo das agências de ajuda.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031