Entrevista: José Fischel

Ouvir /

José Fischel. Foto: Arquivo pessoal

Mais um naufrágio no Mediterrâneo pode ter causado a morte de 300 pessoas nesta quarta-feira.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, afirmou que a prioridade da União Europeia, EU, deve ser "salvar vidas".

Segundo a agência da ONU, os passageiros haviam saído da Líbia, no norte da África, no fim de semana. Há relatos de que mais quatro embarcações irregulares deixaram o país a caminho da Europa.

De Paris, em entrevista à Rádio ONU, o consultor jurídico do Acnur, José Fischel, disse que é importante considerar três blocos de países, os de origem, os de trânsito e os de destino.

Fischel falou também sobre o problema da discriminação sofrida pelos migrantes. Ele afirmou que "a comunidade internacional não pode fechar os olhos e que é importante realizar um trabalho de sensibilização política e social".

O consultor do Acnur disse ainda que o tráfico humano na região é um problema grave.

Acompanhe a entrevista com Edgard Júnior

Duração: 11’27″

Compartilhe

Parte 1 Ouvir / Parte 2 Ouvir /
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031