Deslocados internos na Ucrânia chegam a quase 1 milhão

Ouvir /

Agência da ONU para Refugiados cita confrontos no leste do país como a principal razão para o aumento dos civis que deixam suas casas; violência nas últimas semanas destruiu prédios e causou crise nos serviços básicos.

Foto: Acnur/B. Kinashchuk

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Os confrontos no leste da Ucrânia estão levando cada vez mais famílias a deixarem suas casas e buscarem abrigo em outras regiões do país. A agência da ONU para Refugiados, Acnur, destaca que o total de deslocados internos chega a quase 1 milhão.

Os dados são do Ministério de Política Social da Ucrânia, que registrou 980 mil deslocados internos no país e espera que o número aumente nas próximas semanas.

Bombardeios

Muitos ucranianos decidiram buscar proteção em países vizinhos: em um ano, 600 mil pediram asilo à Rússia, Polônia, Hungria e outras nações. Equipes do Acnur relatam que os conflitos pesados em Donetsk nas últimas duas semanas causaram a destruição de prédios e o colapso de serviços básicos.

Segundo o porta-voz da agência da ONU, autoridades retiraram pessoas de áreas em confronto, mas muitas continuam sitiados em regiões que estão sob bombardeio constante.

Inverno

Em Genebra, Adrian Edwards explicou, esta sexta-feira, que civis estão sendo levados a cidades controladas pelo governo, na zona norte de Donetsk. As pessoas são transportadas de carro ou ônibus e os mais vulneráveis seguem a viagem de trem.

Muitos deixam suas casas carregando poucos pertences e sem roupa adequada para o inverno. O Acnur e ONGs locais distribuíram cobertores, colchonetes, lençois e roupas para o frio para 2 mil pessoas.

Outra dificuldade é a falta de acesso a serviços públicos, em especial em áreas que não estão sendo controladas pelo governo ucraniano. Há restrições de movimento de bens e de pessoas, e o Acnur faz um apelo aos lados em conflito para que evitem mais ações que coloquem em risco a vida dos civis.

Leia também:

Ban defende trégua temporária em cidade no leste da Ucrânia

Alto comissário apela aos lados em conflito na Ucrânia para evitar escalada

Crianças na Ucrânia forçadas a viver em abrigos anti-bomba

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031