Comitê quer mais atenção com vítimas da violência na Colômbia

Ouvir /

Comissão da ONU sobre os Direitos da Criança divulgou relatório sobre 12 países, incluindo Colômbia e Uruguai; grupo está preocupado com casos de violência sexual e com menores abandonados.

Crianças colombianas Foto: ONU/Evan Schneider

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

A Comissão da ONU sobre os Direitos da Criança divulgou nesta quarta-feira, em Genebra, suas observações finais sobre 12 países analisados na última sessão do grupo, incluindo Colômbia e Uruguai.

Sobre a Colômbia, mencionando avanços alcançados pelo país, a Comissão saudou a adoção de algumas medidas, como o plano estratégico para eliminar a transmição do HIV/Aids entre mãe e bebê, e a ratificação de alguns acordos, entre eles convenção internacional contra desaparecimentos forçados.

O órgão saudou também a adoção de políticas como o Plano de Ação Nacional para Crianças e Adolescentes. No entanto, o comitê está preocupado que a maioria das ações esteja concentrada na primeira infância.

A Comissão menciona que a Colômbia condenou ataques contra defensores de direitos humanos. No entanto, nota preocupação que pessoas envolvidas na promoção dos direitos das crianças continuam sofrendo violência e que impunidade persiste nesta área.

Setor empresarial

O órgão nota preocupação com o "impacto negativo" nos direitos das crianças em atividades conduzidas em particular nos setores de mineração e turismo.

A Comissão também menciona apreensão com o fato de que muitas crianças são vítimas de mortes e desaparecimentos. Outros tópicos de atenção foram violência sexual, mortalidade materna e infantil, gravidez na adolescência e o alto número de menores abandonados.

Uruguai

Em observações sobre o Uruguai, a Comissão saúda a adoção de medidas como a Estratégia Nacional para Crianças e Adolescentes, e ratificação de acordos na área.

O relatório menciona ações que considera positivas do Estado, mas nota preocupação em algumas áreas. Entre elas, casos de exploração sexual e o fato de que 20% das crianças ainda vivam na pobreza, particularmente as afrodescendentes.

Leia também:

Comissão condena Isil por assassinatos em massa de crianças

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031