ONU reforça apoio a vítimas das cheias nas regiões centro e norte de Moçambique

Ouvir /

Estimativa é de que cerca de 140 mil pessoas tenham sido afetadas; desafio é alcançar mais de  50 mil alojados em centros de acomodação; necessários cerca de US$ 3 milhões para responder à emergência.

Cheias. Foto: Escritório da ONU para Redução dos Riscos de Desastres/Martin Howard

Ouri Pota, da Rádio ONU em Maputo.*

As Nações Unidas estão a reforçar o apoio às vitimas das cheias nas regiões centro e norte de Moçambique. A estimativa é de que cerca de 140 mil pessoas foram afetadas.

Em entrevista à Rádio ONU em Maputo, a representante das Nações Unidas no país, Jennifer Topping, disse que o principal foco são os centros de acomodação que albergam 50 mil pessoas.

Desafios

A prioridade são os itens como água e saneamento para evitar problemas de saúde.

Para a representante,  o grande desafio é o acesso aos locais devido ao trânsito rodoviário interrompido pelas águas.

"Estamos a ter dificuldade do acesso por causa dos cortes das estradas, lugares onde ainda há agua, então isso dificulta o acesso fácil. O governo e apoio dos parceiros estão a concentrar a logística dos aviões, dos helicópteros e também dos caminhões onde é possível ter acesso. A parte da logística é a mais complicada e fica mais caro"

Finanças

A ONU em Moçambique precisa de cerca de US$ 3 milhões para responder às questões de alojamento, logística, saneamento e sistema de proteção nos centro de acomodação. O valor será retirado de fundo para a resposta a emergências.

"Este vai cobrir um período das primeiras semanas. Estamos a mobilizar através dos parceiros pacote para os meses que vem para continuar com o apoio para reabilitação para sistemas de água que tem que ser feito depois do período mais crítico. Agora estamos concertados em apoiar para salvar vidas apoiar o governo e depois vamos apoiar a parte de recuperação e reconstrução".

Várias agências das Nações Unidas uniram-se para apoiar as cerca de 140 mil pessoas afetadas. Os danos causados pelas cheias já provocaram a morte de 117 pessoas, 93 delas na província central da Zambézia.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031