OIM pede US$ 2,5 milhões para refugiados da República Centro-Africana

Ouvir /

Apelo é para os que estão a viver em países vizinhos; de acordo com novo relatório, Camarões recebeu mais de 135 mil novos refugiados do país desde dezembro de 2013.

Refugiados centro-africanos. Foto: OIM

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização Internacional para Migrações, OIM, fez um apelo por cerca de US$ 2,5 milhões para operações em Camarões e República do Congo até o fim de 2015.

O pedido é para um plano resposta a refugiados para a República Centro-Africana.

Comunidade Internacional

As operações da agência para ajudar refugiados no Chade não estão incluidas neste apelo.

A discursar no lançamento do apelo, o chefe de gabinete da OIM, Ovais Sarmad, destacou que a comunidade internacional precisa permanecer ativamente envolvida e assistir na transição do país. Há eleições planejadas na República Centro-Africana para agosto deste ano.

Ele afirmou que algumas crises são "esquecidas ou negligenciadas pela imprensa e desaparecem das manchetes" e que é preciso "evitar isso".

De acordo com novo relatório publicado com o lançamento do apelo, Camarões recebeu mais de 135 mil novos refugiados da República Centro-Africana desde dezembro de 2013.

Proteção

Cidadãos de outros países, principalmente Chade, Nigéria, Senegal e Mali, que fugiram da República Centro-Africana para Camarões são, em sua maioria, abrigados em centros de trânsito gerenciados pela OIM.

Enquanto esperam repatriação para seus países de origem, as prioridades da agência incluem questões de registo e proteção, especialmente proteção a crianças e assistir vítimas de violência incluindo causada por questões de gênero.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031