Nações Unidas deploram morte de civis durante conflito na Ucrânia

Ouvir /

Pelo menos 11 passageiros de um ônibus morreram em ataque na região de Donetsk, leste do país; secretário-geral e Conselho de Segurança pedem investigação completa do incidente e apelam ao fim da violência.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Paulo Filgueiras

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU e o Conselho de Segurança condenaram, nos termos mais fortes, o ataque contra um ônibus no leste da Ucrânia, que resultou na morte de 11 passageiros.

Numa nota divulgada por seu porta-voz, Ban Ki-moon deplora o incidente de terça-feira, na região de Donetsk, e afirma estar profundamente perturbado com a nova onda de hostilidades na Ucrânia.

Justiça

Tanto Ban quanto os países que integram o Conselho de Segurança pedem uma investigação do ataque para que os responsáveis sejam levados à justiça. Além das 11 vítimas, agências de notícias informaram que pelo menos 17 pessoas ficaram feridas quando a bomba atingiu o ônibus.

O secretário-geral também apelou a todos em conflito na Ucrânia para respeitarem o cessar-fogo e a implementação do acordo de Minsk, que segundo Ban, continua sendo a base sólida para resolver a crise na região.

Vítimas

Segundo o chefe da ONU, o incidente apenas reforça a urgência de se colocar um fim à violência no país, que já matou quase 4,8 mil pessoas e fez com que mais de 1 milhão de civis deixassem suas casas, tornando-se deslocados internos.

Ban Ki-moon também reconhece os esforços diplomáticos da Ucrânia, da Rússia, da França e da Alemanha. Ele encoraja a todos preocupados com a situação que continuem procurando meios para o retorno da paz, da estabilidade e da integridade territorial na Ucrânia.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031