Mais de 1,1 bilhão de pessoas viajaram ao exterior em 2014

Ouvir /

América do Norte foi a região que liderou o setor com 8% de avanço se comparado ao ano anterior; para 2015, Organização Mundial do Turismo espera subida de até 4% alavancada pela recuperação econômica global.

Turistas em Marrakech, no Marrocos. Foto: Banco Mundial/Arne Hoel

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O ano de 2014 foi de crescimento para visitas ao exterior, segundo a Organização Mundial do Turismo, OMT.

Em comunicado, divulgado nesta terça-feira, a agência da ONU revela que mais de 1,1 bilhão de pessoas viajaram para fora do país em 2014. Em média, o crescimento foi de 4,7%. A região com o maior número de passageiros foi a América do Norte, que registrou um aumento de 8% se comparado ao ano anterior.

Crise

De acordo com a OMT, o bom desempenho deve-se à recuperação da economia global, que tem deixado os consumidores mais confiantes para gastar com visitas internacionais.

Para 2015, a agência prevê uma subida entre 3% e 4%.

Com o resultado, 2014 registrou o quinto aumento consecutivo desde 2009, quando o mundo vivia a crise financeira internacional.

O chefe da OMT, Taleb Rifai, afirmou que nos últimos 10 anos, o turismo tem demonstrado resistência à crise, gerando milhões de postos de trabalho e bilhões de dólares em receita. Somente em 2013, a indústria faturou US$ 230 bilhões a mais que nos anos anteriores à crise, iniciada em 2008.

África e Américas

O crescimento no número de viagens internacionais ocorreu em todas as regiões do mundo. Nas Américas como um todo, a subida foi de 7% ao lado do Mediterrâneo europeu e do norte da Europa e Caribe. Já a Asia Pacífico viu um aumento de 5%. Os menores crescimento ocorreram no Oriente Médio com 4%, e na África: 2%.

Segundo a OMT, a queda no preço do petróleo deve levar mais pessoas a viajarem ao exterior. Ao mesmo tempo, a agência espera que os países exportadores de petróleo sejam afetados pelas mudanças no mercado, e muitos deles também são grandes destinos turísticos.

O país que mais mandou viajantes ao exterior foi a China, com um total de 109 milhões de passageiros no ano passado.

Brasil e Rússia

A nação asiática se manteve no posto pelo segundo ano consecutivo. Já Brasil e Rússia perderam força no mercado. Apesar de sediar a Copa do Mundo de Futebol, o Brasil registrou um aumento de apenas 2%, enquanto a Rússia teve um crescimento negativo (-6%).

Na lista dos mercados emergentes menores, houve aumento de 30% no número de visitas internacionais, entre eles: Arábia Saudita, Índia, Filipinas e Catar.

Os Estados Unidos continuam em segundo lugar na relação dos que mais enviam turistas ao exterior. As surpresas de 2014 ficaram com França, Itália e Reino Unido, que recuperaram suas posições no mercado com crescimento entre 4% e 11%, o melhor desempenho registrado depois da crise mundial.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031