Contingente da ONU deve permanecer o mesmo até às eleições no Haiti

Ouvir /

Declarações são do embaixador de Angola junto à ONU que integrou a delegação do órgão que acaba de visitar o país;  debate deve formalizar a decisão nos próximos dias.

Membros do Conselho de Segurança em visita ao Haiti. Foto: Minustah/Logan Abassi

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança poderá manter o atual contingente de tropas no Haiti até às eleições previstas para este ano, segundo o embaixador de Angola junto às Nações Unidas.

Ismael Martins disse à Rádio ONU, em Nova Iorque, que este é um dos temas de consenso da delegação do Conselho que visitou o Haiti durante o fim de semana. O diplomata contou que um encontro do órgão, a decorrer nos próximos dias, deve formalizar a decisão.

Polícia

“Em termos de missão do Conselho de Segurança o que é necessário fazer está feito. O Conselho tinha avançado com uma possível redução do contingente. Lá estão, neste momento, cerca de 5 mil homens e a missão, penso que vai continuar por mais algum tempo. É uma missão fundamentalmente política com a parte militar a cumprir missões  policiais. Com a formação da Polícia Haitiana, vamos chegar à criação de uma força no país capaz de criar uma paz social.”

A viagem seguiu-se a uma crise política após a falta de acordo sobre a realização de eleições municipais e parlamentares. Em meados deste mês, o Parlamento foi dissolvido e um governo consensual foi empossado  após um acordo com partidos políticos que prevê a realização dos pleitos em 2015.

Eleições

No país, o diplomata disse que o Conselho de Segurança reuniu-se com o presidente Michel Martely, o novo chefe do governo, Evans Paul, e a sociedade civil.

“Pelo menos até às eleições o contingente que lá está deve permanecer. Posteriormente às eleições haverá sim previsões de uma possível substituição com a redução gradual pelas forças nacionais, fundamentalmente de polícia. É o que o país tem, uma força de polícia com uma parte paramilitar que está a ser formada muito rapidamente. O contingente está a aumentar e nós vimos isso e tivemos a oportunidade de interagir.”

Ao líder haitiano, o órgão garantiu todo o apoio possível para que seja realizado o pleito. Os embaixadores do Chile e dos Estados Unidos copresidiram o  grupo de trabalho do Conselho de Segurança.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031