Ban preocupado com onda de violência que deslocou mais de 36 mil em Darfur

Ouvir /

Hostilidades entre Governo do Sudão e movimentos armados incluem bombardeamentos e destruição de aldeias; secretário-geral pede aplicação de medidas para evitar novos deslocamentos e sofrimento dos civis.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Amanda Voisard

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas confirmaram esta quinta-feira que pelo menos 36 mil civis foram deslocados devido a hostilidades na região sudanesa de Darfur.

Em nota,o secretário-geral manifestou a sua profunda preocupação com o agravamento da segurança após relatos da escalada dos confrontos entre o Governo do Sudão e os movimentos armados em Darfur Central que levaram aos deslocamentos.

Sofrimento

O chefe da ONU condena o bombardeamento aéreo e a destruição de aldeias ocorridos na segunda-feira na localidade de Golo.

Ao governo sudanês e aos movimentos armados, o pedido de Ban Ki-moon é que exerçam a máxima contenção e que assumam totalmente as suas responsabilidades para evitar novos deslocamentos e o sofrimento dos civis.

Cooperação

Ban pede também o retorno ao diálogo para que se chegue a uma solução política para o conflito em Darfur. As últimas estimativas apontam para o deslocamento de mais de 430 mil pessoas em toda a região desde o início de 2014.

Às partes envolvidas no conflito, o secretário-geral pediu cooperação total com a Missão da ONU em Darfur, Unamid, e os parceiros humanitários nos esforços para proteger e prestar assistência à população civil de Darfur.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031