Ban fala com presidente da RD Congo e pede ação decisiva contra Fdlr

Ouvir /

Prazo para rendição incondicional do Fdlr esgotou-se a 2 de janeiro; Ocha declara concessão de US$ 30 milhões para vítimas de conflitos e subnutrição no país africano; financiamento permitirá abordar necessidades prioritárias de populações afetadas.

Deslocados na RD Congo. Foto: Ocha/Imane Cherif.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O secretário-geral da ONU falou ao telefone nesta quarta-feira com o presidente da República Democrática do Congo e pediu ação decisiva contra as Forças Democráticas de Libertação do Ruanda, Fdlr.

O prazo para a rendição incondicional do Fdlr esgotou-se a 2 de janeiro. Ban Ki-moon saudou a garantia do presidente de que seu governo está pronto para agir e mencionou que a Missão de Estabilização da ONU no país, Monusco, está pronta a atuar com o exército congolês.

Fundo

O coordenador humanitário da República Democrática do Congo, Moustapha Soumaré, aprovou a concessão de US$ 30 milhões do Fundo Humanitário Comum para fornecer assistência às pessoas afetadas por conflitos armados e crises nutricionais em oito das 11 províncias do país.

Segundo o Escritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária, Ocha, este financiamento permitirá abordar as necessidades prioritárias destas populações.

Abordagem

Soumaré mencionou o desenvolvimento de uma "abordagem que vise a envolver as comunidades e os indivíduos na identificação das necessidades e acima de tudo na busca de respostas possíveis e sua implementação".

Duas crises foram identificadas pelos atores humanitários. Por um lado, os movimentos populacionais ligados aos conflitos armados em Katanga, Kivu do Norte, Kivu Sul e no leste do país. Por outro, a subnutrição em províncias de Maniema e Bandundu, entre outras.

Orçamento

Este fundo foi criado em 2006 por iniciativa dos doadores. Ele é administrado por uma unidade conjunta do Ocha e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud.

Seu objetivo é "conceder financiamento rápido e flexível para responder às necessidades humanitárias mais críticas" no país africano.

Entre 2006 e 2014, o Fundo alocou quase US$ 840 milhões que deram assistência a cerca de 8 milhões de pessoas afetadas por diferentes crises humanitárias na República Democrática do Congo.

*Apresentação: Eleutério Guevane

Leia mais:

Tropas da ONU prontas para ação militar para desarmar rebeldes na RD Congo.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031